Os Vingadores!

Os Vingadores - The Avengers : poster

“Mesmo sem ser o espetáculo todo esperado, o filme é divertido e agrada bastante.”

Por Bruno Albuquerque de Almeida!

Os Vingadores tinha tudo para ser “o evento” cinematográfico do ano, juntando os heróis que a Marvel trouxe para o cinema por conta própria em um só filme. Tendo visto as inúmeras referências ao Universo Marvel que surgiam a cada filme – e os detalhes que somente os fãs mais malucos( como este que vos fala) costumam notar -, era de se esperar que Os Vingadores fosse o melhor filme do Marvel Studios, com a ação mais sensacional e com o melhor balanceamento entre o espaço de tela ocupado pelos personagens. O filme consegue cumprir esses objetivos, mas parcialmente. Ele peca bastante em diversos aspectos, que pretendo comentar nos próximos parágrafos.

O roteiro, também escrito pelo diretor Joss Whedon, é corrido. Com uma curta duração para um filme tão pretensioso – 2h e 15min -, o filme arrisca, já que possui diversos personagens para serem desenvolvidos. Por falar em personagens, o filme peca em somente dar uma breve introdução aos heróis e auxiliares, e confia que o público se lembre de quem eles eram nos outros filmes para estabelecer o “desenvolvimento”. Fazendo isso, o roteiro se preocupa somente em re-estabelecer as características mais superficiais dos personagens: Steve Rogers é o homem extremamente justo e sempre busca fazer o correto, Tony Stark é o cara engraçado que faz piada com tudo( pelo menos suas piadas funcionam, com o incrível carisma e timing de Robert Downey Jr.), Bruce Banner é o frustrado cientista em busca de auto-controle( pelo menos Mark Ruffalo nos mostra uma faceta do personagem que seus antecessores no cinema na última década não fizeram: a simpática) e Thor é o deus nórdico exagerado mas justo. Já Nick Fury e o Agente Coulson são reapresentados, contrariando o que nos foi mostrado deles em Homem de Ferro 2 – e, assim, quebrando a coerência criada no Universo Marvel dos cinemas: o diretor da S.H.I.E.L.D., antes sendo um cara simpático e sociável, agora é extremamente sério e não possui medo de enfrentar o Conselho, que seriam os seus “chefes”; e o Agente Coulson, agora, é um… nerd, fã do Capitão América, e menos sério do que já havia sido estabelecido em Thor.

Já a história é bem simples: Loki( vivido por Tom Hiddleston de maneira tão dedicada que nos faz pensar que o personagem merece um filme só dele) quer dominar a raça humana, e para isso nos ameaça com a invasão de um exército alienígena. Para nos salvar, Nick Fury( medianamente interpretado por Samuel L. Jackson) une os heróis mais poderosos da Terra para deter tal ameaça. O desenvolvimento do roteiro soa burocrático em alguns momentos; por exemplo, ele não se preocupa em explicar como Thor conseguiu vir para o nosso planeta, já que em seu filme solo ficou bem claro que a passagem entre a Terra e Asgard ficou selada. Outro detalhe que o roteiro não explica é o fato de como Bruce Banner aprendeu a controlar o Hulk, após passar duas horas de filme desenvolvendo o Gigante Esmeralda como uma catástrofe horrível( e o roteiro acerta nesse aspecto, pois mostra um lado do monstro que os outros filmes não mostraram). Em compensação, a química entre os personagens é incrível, e comprovamos isso na batalha final, quando os heróis se organizam e se ajudam diversas vezes.

Os Vingadores - The Avengers : poster

Já os efeitos visuais são esplêndidos. A armadura do Homem de Ferro, bem mais detalhada e realista. O Hulk, mais brilhoso e com os traços faciais de Mark Ruffalo. Os aliens invasores, chamados de Chitauri, aparecem em montes, além de possuírem naves gigantescas, que são tão bem feitos digitalmente que beiram o realismo. Também destaco o Aeroporta-aviões, grandioso e bem feito. Já a montagem é extremamente dinâmica, e nada mais justo para um filme com vários heróis nele. A fotografia peca por sempre exaltar a coloração branca, principalmente no clímax do filme.

O interessante em Os Vingadores é a interação entre os personagens. Os diálogos são bastante inteligentes em diversos momentos, como as discussões entre Steve Rogers e Tony Stark, e a tentativa de manipulação de Loki em cima da Viúva Negra. Também destaco a cena final, onde vemos um pouco de como a vida de cada Vingador vai prosseguir dali em diante.

Enfim, com diversos erros e vários acertos, Os Vingadores é um entretenimento competente e que garante boas risadas e um divertimento único. Vale muito a pena se você estiver afim de um pipocão – e se você for um grande fã dos personagens da Marvel, com direito a uma participação especial numa cena no meio dos créditos que é de deixar qualquer fã maluco.

Nota: 7,0

Anúncios

Especial Os Vingadores: Quem são Os Vingadores?

O filme do super grupo da Marvel estreou antes de ontem no Brasil! Quem já leu nossos posts sobre os membros da equipe já está preparado, não é mesmo? Ou quase. Agora vamos falar sobre a equipe em geral, contar sobre sua história nos quadrinhos, sobre seus outros membros ( que podem surgir em sequências da franquia ou cenas pós créditos ) e o que esperamos dela nessa grande produção. Já viu o filme? Então experimente o gostinho do que pode vir nos próximos…

A criação

Quem cresceu vendo desenho provavelmente conhece a Liga da Justiça. Formada por grandes heróis da DC Comics, a equipe fez o maior sucesso. Sua grande concorrente no ramo de quadrinhos, a Marvel, quis dar uma resposta a essa reunião de super heróis. Daí foram criados dois grupos: Quarteto Fantástico e os X-men. Apesar de super bacanas e do sucesso enorme que fizeram, o pessoal da editora ainda não estava satisfeito. A partir dessa insistência que foram criados Os Vingadores, os quais seguiam a linha da Liga da Justiça por serem uma equipe com heróis já existentes. Resultado: bem, gerações e gerações de fãs, revistas em quadrinhos, edições especiais e muito mais. Valeu a pena a insistência?

Primeira equipe

A primeira versão dos super heróis membros dos Vingadores é um tanto diferente do filme. Loki, irmão de Thor e deus da trapaça, captura o Hulk e atrai alguns heróis com um pedido de socorro a seu irmão. A mensagem chega não só ao deus nórdico, mas como também ao Homem Formiga, à Vespa e ao Homem de Ferro. Juntos, eles conseguem salvar o Hulk e derrotar Loki, notando que, afinal, fazem uma boa equipe. A Vespa foi a responsável pelo título de Os Vingadores.

A equipe combateu diversos vilões poderosos, porém, teve algumas mudanças. Hulk se retirou ao final da segunda edição por ver que os outros o temiam. A Vespa e o Homem-Formiga também deixaram a equipe. O ponto alto do grupo foi quando o Capitão América é descoberto congelado e se une a eles. Por mais que não oficialmente por um tempo, o herói sempre serviu de líder para equipe

Reuniões

Quem lê quadrinhos sabe que as editoras adoram um universo paralelo, um crossover ou um confronto entre heróis de diferentes grupos, não é mesmo? Pois bem, Os Vingadores já lutaram ao lado do Quarteto Fantástico e dos X-men. Um vilão que absorve os poderes do Magneto e do Professor Xavier tenta dominar a Terra e com certeza conseguiria, se não fosse pela união dessas figuras fantásticas.

Instabilidade

A equipe é extremamente instável. Diversos heróis já passaram por ela, como o Homem-Aranha, o Wolverine, a Mulher-Aranha, Luke Cage, etc. Além disso, já teve inúmeros integrantes ao mesmo tempo. Sete, dez, doze. Muitos já cooperaram com Os Vingadores.

A interação dos Vingadores no filme.

[ATENÇÃO, ESSA PARTE PODE CONTER SPOILERS]No cinema, o filme da super-equipe conta vários heróis. E a maior dúvida que estava circulando entre os fãs era: ia dar certo colocar tantos heróis em um único filme e desenvolver todo mundo? Pois bem, o filme desenvolve TODO mundo, incluindo o anteriormente ofuscado Agente Coulson ( com uma “homenagem” a ele na batalha final). O novato Gavião Arqueiro recebe um destaque extremo, devido Loki tê-lo hipnotizado e, com isso o transformado em um dos vilões durante parte do filme. Mas sua participação na batalha final é de cair o queixo, com momentos marcantes – como ele destruindo uma nave com uma única flecha, sem nem olhar para o alvo; e  ele atirando enquanto pula do prédio em que estava, enquanto este se destroe devido a tiros ofensivos dos aliens invasores ( que no filme se chama Chitauri, e existem nos quadrinhos, precisamente na série Os Supremos, que inclusive possui duas animações inspiradas nela). Viúva Negra recebeu um destaque maior, não só emocional – com sua interação com Bruce Banner mais aprofundada -, mas cômico também – com direito a algumas piadinhas aqui e ali. O Homem de Ferro, com suas piadas intensas e praticamente incessantes, rouba a cena quase sempre que aparece. O Capitão América está meio de lado, mas quando necessita liderar, aparece com tudo e mostra para o que veio – assim como Thor. Ou seja: o espaço dedicado aos personagens está bastante atribuído, cada um no seu devido papel.

E aí, pessoal? Gostaram? O que vocês acham desse grupo fantástico? Comentem 😀

Esse é um post duplo. Foi escrito pelo Bruno e pelo Victor.

Especial Os Vingadores #06 – HULK!

Fala galera! O post de hoje sobre um integrante de Os Vingadores, que estreia dia 27 de Abril nos cinemas brasileiros, é sobre o Hulk, e seu alter-ego, Bruce Banner.

Hulk 004.jpg

Bruce Banner é um cientista americano, que costumava estudar os raios gama. Após um acidente com esses raios – dos quais o atingiram em cheio – ele adquiriu a “habilidade” de, quando estiver com raiva, se transformar em um monstro gigante e verde, com muitos músculos, uma forço extrema e a pele impenetrável, do qual chamam de Hulk. Criado por Stan Lee( sempre ele…) e Jack Kirby( outro criador de personagens e desenhista da Marvel, que infelizmente já falecera) em 1962, dando continuidade a revolução nos quadrinhos após a criação do Quarteto Fantástico.

Habilidades: HULK – Super-força, indestrutibilidade da pele. BRUCE BANNER – Inteligência e conhecimentos apurados da ciência.

Curiosidades: o Hulk, inicialmente, iria ter a coloração cinza, mas por um problema na impressão dos quadrinhos, ele saiu com a cor verde. Devido ao enorme sucesso, os executivos da Marvel decidiram manter a cor verde no personagem, que viria a se tornar uma de suas marcas registradas, levando a ser chamado de “Gigante Esmeralda”.

Produções do Audio-Visual inspiradas em Hulk.

O Hulk, como muitos já sabem, teve uma famosa série de televisão, do qual o personagem-título era interpretado por Lou Ferrigno, completamente pintado de verde. A série levou a produção de alguns filmes. Os longa-metragens mais recentes do Gigante Esmeralda são Hulk( dirigido por Ang Lee, em 2003) e O Incrível Hulk( dirigido por Louis Leterrier, em 2008). Esse último já fazendo parte do Universo Marvel nos cinemas, até com uma participação especial de Tony Stark na última cena.

Hulk e Os Vingadores

Nos quadrinhos, o Hulk já foi uma ameaça – e motivo principal para unir Os Vingadores. Após controlado, passou a fazer parte da equipe, como visto no filme. Tal ameaça será vista no filme, durante uma cena – ou mais, ainda não se sabe.

É isso, pessoal! Espero que tenham gostado.  E não se esqueçam…

AVANTE VINGADORES!

Especial Os Vingadores #5: Viúva Negra

Toda patota tem que ter seu gênero feminino. E no caso dos Vingadores, uma femme fatale de tirar o fôlego! Antes de vê-la arrebentando no longa do grupo ( que estreia dia 27 de Abril! ) não deixe de saber um pouco mais sobre ela…

Algumas fontes dizem que Natalia ( ou na Natasha ) Romanova é uma membra perdida da família real russa, a qual  foi perseguida durante as revoluções que ocorreram no país em 1917. O que temos certeza mesmo é que ela foi encontrada ainda pequena, orfã, por um grupo de soviéticos que a treinou para ela se tornar uma habilidosa espiã. Infiltrada nos Estados Unidos, a jovem fazia parte de uma agência, chamada Viúva Negra, formada por figuras femininas criminosas e muito experientes. Seu nome vem do título que alcançou no grupo.

A Viúva, como puderam ver, inicia sua carreira como vilã. Ela confronta várias figuras americanas importantes, incluindo o Homem de Ferro, de quem tem que roubar algo. Para tal feito, forma uma parceria com o Gavião Arqueiro, da qual nasce um envolvimento amoroso. Mais tarde, ela acaba percebendo que está sendo influenciada por sua agência, provavelmente sofrendo até mesmo lavagens cerebrais, rebelando-se e saindo de cena do campo do crime. Porém, não se escapa fácil desses meios. Perseguem Natasha e acabam fazendo uma lavagem cerebral nela para que ajude na luta contra os Vingadores. É após ser derrotada pelo grupo que ela sai da influência de seus comandantes russos e entra para a equipe.

Habilidades: Sem nenhuma habilidade sobre humana, ela é mestra de artes marciais, além de manipular muito bem diversas armas. Treinada durante anos como espiã, ela consegue adentrar lugares protegidos com muita facilidade – e ainda detonar todos os seguranças. Após entrar para a S.H.I.E.L.D. ( empresa responsável pela reunião dos Vingadores ), ela ganha alguns equipamentos interessantes que aumentam seu desempenho destrutivo: pulseiras elétricas, ganchos resistentes e gases mortíferos.

Mais fatos:

>> A heroína encanta a todos da Marvel. Já tendo formado parceria com vários super heróis, ela já se envolveu ou foi salva por figuras como Demolidor, Wolverine ( este como Logan, antes de realmente se tornar o Wolverine ), Capitão América, Gavião Arqueiro, Homem Aranha e Homem de Ferro. Ela é irresistível , não?

>> Apesar de algumas saídas de sua participação na SHIELD, ela se envolveu fortemente com a agência e com o grupo dos Vingadores. Quando o Capitão América deixa o grupo, ela assume a liderança por um tempo, comandando o time contra poderosos inimigos.

Em o Homem de Ferro 2

No segundo filme da franquia Homem de Ferro, a super heroína surge como agente da SHIELD ( ou seja, já na sua vida pós crimes ), sendo interpretada pela atriz Scarlett Johansson. Ela ajuda o super herói no longa e avalia se ele seria um bom membro no grupo que a agência está desenvolvendo: os Vingadores.

Viúva Negra e Os Vingadores

Vários clipes já nos mostraram que a heroína vem recrutando as figuras que farão parte da equipe mais poderosa da Terra. Além de diplomática, convencendo-os a participarem do grupo, ela também foi vista chutando muitos traseiros, arrasando com suas habilidades do crime. Está quase sempre com uma arma em mãos nos cartazes, mas um vídeo já mostrou o que ela consegue fazer mesmo amarrada. Não só por seu histórico dos quadrinhos, mas também por imagens liberadas, podemos supor que ela terá um interesse romântico pelo Gavião Arqueiro.

E aí, pessoal? O que acharam dela? Acham que ela vale a pena estar na equipe? Vai arrasar na luta contra o Loki? Comentem e não se esqueçam…

AVANTE, VINGADORES!

Fontes: As informações foram retiradas do sempre querido Wikipedia, de um site americano da Marvel ( outro portal que encontrei com muito conteúdo dos heróis da empresa ) e de conversas com o caríssimo Bruno.

Especial Os Vingadores #4: Gavião Arqueiro

O que é um exército sem seus arqueiros? O grupo dos Vingadores conta com um excelente e, claro, você não pode ir assistir ao filme ( que estreia dia 27 de Abril! ) sem saber um pouco mais sobre ele…

Apesar de agora estar do lado dos bonzinhos, o Gavião Arqueiro já foi vilão. Clint Barton cresceu num circo com seu irmão e seus pais adotivos sempre treinando sua pontaria. Mais tarde, ele tentou se juntar ao Homem de Ferro, trajando uma fantasia que acabou fazendo-o ser confundido com um ladrão. Após esse engano, ele acabou se juntando com a Viúva Negra no combate contra o herói que admirava. Daí ele se tornou um vilão das histórias de Tony Stark ao lado de Natasha Romanova. Contudo, a parceria com a Viúva acabou não dando muito certo afinal, por conta, principalmente, de motivos amorosos. Ele acabou deixando sua vida de crimes de lado e decidiu se juntar aos Vingadores. O Homem de Ferro aceitou sua participação na equipe e, a partir de então, ele se tornou um membro fixo no grupo, estando presente nas diversas fases do mesmo.

Habilidades: O herói não tem super poderes ou habilidades sobre humanas. Contudo, seu desempenho com o arco e flecha é impressionante. Considerado o melhor arqueiro da face da Terra ( disputando somente esse posto com seu concorrente da DC, o Arqueiro Verde ), suas flechas atingem qualquer alvo. O Gavião também é um ótimo lutador e maneja muito bem outras armas ( como, por exemplo, espadas ). Em algum ponto de sua carreira, ele assumiu outra personalidade, o Ronin. Trata-se de um exímio samurai  que lutava ao lado do Homem de Ferro. Esse personagem só confirma as grandes habilidades que o Gavião tem com armas, por mais que sempre se mostre melhor com o arco e flecha.

Equipamento: Não é novidade que o Gavião está sempre com o arco e flecha em mãos. Esta sua arma é parte de sua identidade e não pode faltar ao retratarem o personagem. Contudo, quem pensa que é um simples arco e flecha está enganado. Assim como seu concorrente, o Arqueiro Verde, suas flechas têm várias funções e dispositivos especiais. Além de enfrentarem as leis da física, existem versões para condições especiais, como alturas elevadas e água e outras com suplementos, tais como explosivos, venenos e muito mais…

Nem teve filme…

Apesar de não ter tido um longa como a maior parte dos seus colegas de equipe, ele fez uma pequena participação em Thor. Quando o herói tenta recuperar seu martelo, ele invade uma base que é protegida por uma excelente equipe de segurança, incluindo um exímio arqueiro, interpretado pelo mesmo ator que agora dá vida ao herói em Os Vingadores. A participação especial foi proposital ( assim como os filmes foram formulados, sempre dando brecha para falar da equipe ) e provavelmente mostra o Gavião antes de realmente se tornar um herói.

Gavião Arqueiro e os Vingadores

O Gavião Arqueiro foi um dos heróis escolhidos para fazerem parte desse primeiro longa dos Vingadores. Ele estará lutando ao lado da Viúva Negra, com dito anteriormente, uma antiga parceira das suas histórias de quadrinho. Por tanto, podemos esperar um envolvimento romântico dos dois, possivelmente uma cooperação durante os combates. Vamos ver se formarão uma boa dupla – e um bom par – nesse primeiro filme. Apesar de não estar com muito destaque nesse primeira parte da franquia, o Gavião ganha grande importância ao longo da história dos Vingadores. Então, podemos ir esperando um desenvolvimento do personagem e uma maior participação dele nos próximos filmes da franquia. O mais interessante seria esse primeiro aspecto, já que sua única aparição nos filmes da Marvel foi mínima, muito menor do que qualquer um dos outros membros do grupo.

O que vocês acham do herói? Gostaram de ele estar nessa primeira adaptação da equipe para as telonas? Como será seu desempenho na luta contra o Loki? Comentem e não se esqueçam…

AVANTE, VINGADORES!

Fontes: Informações para a produção do post retiradas do Wikipedia e de sua versão da Marvel, o MarvelWika

Especial Os Vingadores #3: Capitão América

O terceiro post do especial fala sobre um super herói que não nega suas raízes norte americanas. Antes de vê-lo em ação no longa metragem Os Vingadores ( que estreia dia 27 de Abril ), saiba um pouco mais sobre esse nacionalista de grandes habilidades.

Steven Rogers nunca era recrutado como soldado para a Segunda Guerra Mundial por conta de diversos problemas físicos e psicológicos. No entanto, seu descontentamento em ter sido reprovado no alistamento e sua vontade em ajudar na guerra chamam a atenção do Dr. Abraham Erskine, que está desenvolvendo um projeto um tanto útil para o franzino Steven. Fraco, mas de bravo coração, Rogers se submete ao projeto “super soldado”, através do qual ganha super habilidades que o tornam uma arma bastante prestativa na luta contra os nazistas.

Habilidades: O Capitão América é basicamente um humano melhorado. Ele fica mais forte e mais alto do que era normalmente ao ser exposto à radiação, além de ficar mais rápido, resistente e inteligente do que humanos comuns. Seus reflexos também se tornam mais apurados, o que facilita muito no combate – principalmente junto às outras habilidades já citadas. Não há indícios que ele pode morrer por velhice, no entanto, um tiro ou corte graves podem matar o herói.

Equipamento: Quando ilustrado ou retratado, o personagem sempre tem ao seu lado um escudo circular que estampa, assim como seu uniforme, a bandeira dos Estados Unidos. Este serve para, além de bloquear ataques e diminuir impactos, ser lançado contra seus oponentes como um frisby ou um boomerang. É, o herói também arremessa muito bem, ótima aposta para as próximas olímpiadas…

Inimigos: Há uma extensa lista de pessoas contra o capitão, como o Ossos Cruzados, Baron Zemo e outros…Mas seu primeiro inimigo, o Caveira Vermelha, que aparece na mais recente adaptação do herói, é o que vale destaque neste post. O Dr. Abraham testou a radiação de super soldado Johann Schmidt ( um nazista ombro direito de Hitler ), o que não deu muito certo pelo fato do experimento não estar exatamente pronto. Daí surgiu alguém um tanto cruel com as habilidades do Capitão América e alguns efeitos colaterais. O soro e a radiação não só deram poderes a Johann como também desfiguraram seu rosto, deixando-o bem como o nome do vilão descreve. Vale observar que muitos dos outros inimigos do Capitão são aliados do Caveira Vermelha.

Mais fatos: >> O motivo do Capitão América estampar cartazes com a frase “O Primeiro Vingador” se dá pelo fato de ele ter sido “criado” na época da segunda guerra – na década de 40 – e congelado até os dias atuais. Vocês já devem ter percebido isso da data ao longo do post, só chamando atenção para o slogan do herói e seu histórico.

>> O filme de 2011 ( há uma produção de 1990 ) mostra bem o propósito do personagem. Criado pela Marvel na época da Segunda Guerra, o Capitão tinha o objetivo de estimular os homens americanos a se alistarem ao exército, ajudando na luta contra os nazistas. Claro que ele é só um símbolo do soldado bravo, nacionalista e ético que odeia nazistas e não saiu por aí com seu escudo, como no filme.

Contudo, o herói mostrou-se, mais tarde, ser bem mais do que um apelo a uma causa do governo e do país.

Capitão América e Os Vingadores

Ao final dos créditos do filme de 2011, vemos o herói despertando 70 anos após ter sido congelado. Tentam fazer uma simulação da época de Steven para que ele se acostume com seu despertar, mas ele acaba estranhando e saindo correndo. Nick Fury – quem está reunindo os heróis – corre atrás dele, informando-o do congelamento e de quanto tempo se passou.

Nas HQ’s, ele é retratado como o líder do grupo. Por seu deslocamento após tanto tempo congelado – nas histórias em quadrinhos ele não é congelado e a equipe surge por volta de 20 anos após o fim das aventuras do Capitão ( a Segunda Guerra Mundial ) – e rixas com alguns membros da equipe, não se sabe se o posto de chefe o aguardará no longa metragem.

O que acham do herói? Os Vingadores fazem bem em ter ele na equipe? Comentem e não se esqueçam…

AVANTE, VINGADORES!

Fontes: Além de alguns amigos (Bruno e Henrique), me ajudaram na confecção do post o ilustre wikipedia e sua versão americana da Marvel.

Especial Os Vingadores #2: Homem de Ferro

O segundo post sobre os heróis Marvel que irão se unir dia 27 de Abril nos cinemas é sobre o mais divertido – e interessante- de todos: o senhor Tony Stark, o Homem de Ferro!

Antes de falar sobre os dois filmes já feitos desse bilionário, vamos fazer uma breve ficha, relatando quem é Tony Stark.

Tony Stark, bilionário que herdou do seu pai a Stark Industries, principal fornecedora de armas para o Exército dos Estados Unidos. Playboy, mas em compensação um gênio da engenharia. Produziu várias armas consideradas obras-prima da destruição em massa. Parou de fabricá-las após ver jovens americanos sendo mortos por elas.

Habilidades: Armadura blindada, com diversas armas de destruição, como propulsores nas mãos e nos pés, incluindo um mais poderoso no peito. Inteligência, e domínio da física e da engenharia. Além de tudo isso, possui grande influência na mídia, devido o seu jeito extravagante de ser. Foi sequestrado por um grupo terrorista árabe e, para fugir, criou uma armadura de latão. Após ver várias pessoas sofrendo pelo mundo, Tony Stark aprimorou essa armadura para combater o mal.

Aliados: Virgínia “Pepper” Potts, sua governanta e, ao fim de Homem de Ferro 2, sua namorada. E James Rhodes, que trabalha na Aeronáutica Norte Americana e é um dos melhores amigos de Stark.

Os podres de Tony Stark.

O fundo do poço!

Por mais inteligente, rico e poderoso que seja, Tony Stark tem um grande problema: o alcoolismo. Em uma série dos quadrinhos, Tony Stark ficou tão viciado em bebidas alcoolicas, que seu amigo James Rhodes assumiu a armadura de Homem de Ferro. Além disso, Tony Star é MUITO, MAS MUITO mulherengo. Vemos isso em ambos os filmes – no primeiro, logo no início, ele leva uma jornalista pra cama, e depois vemos várias aeromoças dançando para ele em um jatinho. No segundo, ele tenta levar uma mulher que lhe enviou uma intimação pra cama, sem sucesso.

Homem de Ferro e Os Vingadores

Após os créditos do primeiro filme, vemos uma cena em que aparece um GRANDE personagem do squadrinhos: NICK FURY, interpretado pelo Samuel L. Jackson. Lembro-me da loucura dos fãs nessa época – inclusive eu. Em Homem de Ferro 2, Nick Fury tem grande presença no filme, e ao final ele revela um
relatório sobre o Homem de Ferro, que diz: Homem de ferro – APROVADO. Tony Stark – NÃO RECOMENDADO. Ou seja: eles precisam da armadura, mas não querem o narcisismo de Tony para infernizá-los. No entanto, ele participará de Os Vingadores, e cabe ao roteiro do filme explicar como isso ocorreu.Espero que tenham gostado, galera! Até o próximo post! E não se esqueçam…

AVANTE, VINGADORES!