Resenha: Belo Desastre – Jamie McGuire

Editora: Verus

Autora:Jamie MacGuire

Páginas: 388

Abby Abernathy é uma boa garota. Ela não bebe nem fala palavrão, e tem a quantidade apropriada de cardigãs no guarda-roupa. Abby acredita que seu passado sombrio está bem distante, mas, quando se muda para uma nova cidade com America, sua melhor amiga, para cursar a faculdade, seu recomeço é rapidamente ameaçado pelo bad boy da universidade.
Travis Maddox, com seu abdômen definido e seus braços tatuados, é exatamente o que Abby precisa – e deseja – evitar. Ele passa as noites ganhando dinheiro em um clube da luta e os dias seduzindo as garotas da faculdade. Intrigado com a resistência de Abby ao seu charme, Travis a atrai com uma aposta. Se ele perder, terá que ficar sem sexo por um mês. Se ela perder, deverá morar no apartamento de Travis pelo mesmo período. Qualquer que seja o resultado da aposta, Travis nem imagina que finalmente encontrou uma adversária à altura.

A Verus escolheu um momento muito estratégico para lançar Belo Desastre, – junto com 50 tons de cinza. Não faltaram comparações: muitos disseram que Belo Desastre era o 50 tons de cinza para adolescentes. Isso não podia estar mais equivocado.

–  De novo? Você vai me matar, Flor.

Você não pode morrer – eu disse, cobrindo o rosto dele de beijos. – Você é durão demais.

– Não, eu não posso morrer porque tem muito idiota querendo pegar o meu lugar. Vou viver eternamente só por maldade.

Sinceramente? Eu adoraria que as editoras parassem de vender livros com a imagem de outro livro. Dá uma ideia totalmente errada do livro e muitas vezes essa tática falha miseravelmente. Belo Desastre tem sexo? Tem, mas nada que dê para se comparar com 50 tons de cinza ou algum livro erótico.

Continuar lendo

Anúncios

Resenha: A corrida de Escorpião – Maggie Stiefvater

A Corrida de EscorpiãoEditora: Verus

Autora: Maggie Stiefvater

Páginas: 378

A cada novembro, os cavalos d’água emergem do oceano e galopam na areia sob os penhascos de Thisby. E, a cada novembro, os homens capturam esses cavalos para uma corrida eletrizante e mortal. Alguns cavaleiros sobrevivem. Outros, não.

Aos 19 anos, Sean Kendrick já foi quatro vezes campeão. Ele é um jovem de poucas palavras e, se tem medos, guarda-os bem escondidos, onde ninguém possa vê-los. Puck Connolly é uma novata nas Corridas de Escorpião. Ela nunca quis participar da competição, mas o destino não lhe deu muita escolha. Sean e Puck vão competir neste ano, e ambos têm mais a ganhar – ou a perder – do que jamais pensaram. Mas apenas um deles pode vencer.

Todo ano, os cavalos d’água, famintos de carne e vorazes, submergem para os homens (não no sentido genérico da palavra, e sim só homens mesmo) capturá-los e participarem da corrida de escorpião.  Para Puck (Kate) Connolly, as corridas só trazem péssimas lembranças. Mas agora que seu irmão mais velho está deixando ela e seu irmão caçula na ilha para viver no continente, Puck é obrigada a participar das corridas e competir com o invicto por 4 anos, Sean Kendrick – que quer mais do que tudo ganhar esse ano.

Continuar lendo

Um novo começo, bienal do livro 2012 e promoção

Bom, antes de mais nada, acho legal eu me apresentar. Meu nome é Isadora, tenho 18 anos e estou na faculdade cursando Letras – Habilitação Tradutor e Intérprete. Eu tinha um blog e era staff do site oficial da Anita Blake. Vocês vão me ver uma ou duas vezes por aqui no blog, falando – obviamente – sobre livros.  Bom, chega de apresentações (porque eu sou péssima nisso) e vamos ao que interessa!

No dia 07/08 eu encarei o desafio de ir trabalhar na bienal 2012 e eu sinto dizer para vocês,  trabalhar na bienal não é tão glamoroso quanto todo mundo pensa.  O pessoal da organização (da bienal e não do estande) é na verdade verdade o pessoal da desorganização. Quem é expositor não tem preferência pra nada, não pode pegar aquele ônibus gratuito primeiro, não pode ir na frente das pessoas nas filas da praça de alimentação (sendo que todo mundo sabe que nós só temos 1 hora para comer. E todos os dias, sim TODOS OS DIAS, eles abriram a bienal 30 minutos mais cedo, e os nossos queridos leitores encontravam tudo bagunçado, sujo e fora do lugar.

Apesar desses pesares, eu tive ótimos momento com a editora Record. O pessoal de lá é super simpático e eu adorei trabalhar com a maioria. O pessoal que estava na luta comigo para atender  leitores furiosos  (e alguns bem mal educados) e com sede de conhecimento,  eram umas fofas (sim trabalharam só mulheres no meu turno… fazer o quê?) e o resto do pessoal… Bem, vocês que já trabalham devem saber que sempre rola uma desentendimento em áreas diferentes, então vamos dizer que as atendentes e as caixas não se falavam muito.

Bom, agora eu vou fazer como se fosse um mini diário e contar tudo para vocês que teve de mais importante naquele dia.

Dia 8/08: Todo mundo sabe que os livros não se colocam no lugar, então lá fui eu carregar caixa e colocar os livros nas prateleiras. Carregar caixa e colocar livros nas prateleira. Carregar caixas e colocar nas prateleiras. E isso se repetiu das 10h até 17h, tudo no lugar para receber vocês, meus caros leitores.

Dia 9/08: Primeiro dia da bienal e eu digo uma coisa, quem não veio nos dois primeiros dias perdeu uma grande oportunidade de passear com calma e poder ver tudo sem aquele tumulto. Foi um dia meio morto, no final nós mais ficamos arrumando as prateleiras do que outra coisa… Ah! E a Patricia Barboza, autora de ‘As Mais’ estava lá para divulgar seu livro dar autógrafos.

+ Tinha uma bancada muito mágica que tinha livros por 10 reais!!

Dia 10/08: Um dia calma, porém vieram algumas excursões escolares, então nem foi tão calmo assim… Ah, fora a menina que chorou porque a biografia do One Direction não tinha chegado ainda. aff Ah! E a Patricia Barboza (autora de ‘As Mais’) estava lá.

Dia 11/08: Sábado, o dia da semana que mais lota a bienal. Muita gente procurando coisa, tirando tudo do lugar e não colocando de volta, e me xingando porque os livros estavam caros, mas  PQP não sou eu que coloco o preço nos livros, e depois tinha o desconto progressivo. Ah, e nesse dia teve a Cecily a autora do GG estava lá para uma sessão de autógrafos e todos os livros dela estavam com 30% de desconto! Nem preciso dizer que o povo se jogou nos livros dela e teve uma fila IMENSA só por alguns minutinhos para pegar o autógrafo dela e tirar uma foto. (agradeço novamente o Gabriel que conseguiu para mim o autógrafo dela no meu Com Louvor). Ah! E a Patricia Barboza (autora de ‘As Mais’) estava lá.

Dia 12/08: Dia dos pais, vocês não queriam que a bienal fosse movimentada nesse dia, queriam? Só uma menina maldita que me parou falando que os livros eram caros e teve a CARA DE PAU de ir falar com o Adriano (ele trabalha na Record) e falar a mesma coisa pra ele. Que menina folgada, não quer o livro, coloca de volta no lugar e vai embora bitch.

O Carlos Ruas, autor de Boteco dos Deus estava lá, para uma breve, porém movimentada sessão de autógrafos. Ah! E a Patricia Barboza (autora de ‘As Mais’) estava lá.

Dia 13/08: Dia de semana normalmente é dia de excursão escolar, foi tudo bem calmo e eu me surpreendi como os adolescentes gostam de ler (quem disse que o jovem não gosta de ler mesmo?) E finalmente (ou não) a biografia do One Direction chegou. Ah! E a Patricia Barboza (autora de ‘As Mais’) estava lá.

Dia 14/08: Excursões escolares e gritaria por causa do One Direction. Ah! E a Patricia Barboza (autora de ‘As Mais’) estava lá.

Dia 15/08: Mais excursões escolares e mais gritaria por causa do One Direction. E mais da Patricia Barboza (autora de ‘As Mais’) estava lá.

Dia 16/08: Mais excursões escolares e mais gritaria por causa do One Direction. Ah! E a Patricia Barboza (autora de ‘As Mais’) estava lá.

Dia 17/08: Mais excursões escolares e mais gritaria por causa do One Direction. E começando a dar graças a Deus que a bienal já estava acabando. Super cansada. Isso fora a Patrícia Barboza que foi lá para divulgação do livro “As Mais”.

Dia 18/08: Fernando Henrique Cardoso foi lá no nosso estande, e pelo que eu vi dele, eu tive a impressão… tive é impressão nenhuma, não vi o cara, na verdade não vi ninguém que foi naquele estande! Ah! E a Patricia Barboza (autora de ‘As Mais’) estava lá.

Dia 19/08: FINALMENTE ÚLTIMO DIA. Cheguei de manhã comemorando e estava super feliz. Dei saltinhos de felicidade o dia todo.

O Mauricio de Souza estava lá e eu consegui ver um pouquinho dele, ou melhor, das costas dele. Os autores do livro Senhores do Castelo também deram uma passadinha por lá (mas antes do Mauricio) e logo depois o Carpinejar apareceu por lá com as suas unhas pintadas de amarelo! Quem também estava lá era o Eduardo Sphor, que autografou os meus livros lindo e agora eu não empresto pra mais ninguém. E com ele estava o Fábio Yabu, autor de ‘A última princesa’. Ah! E a Patricia Barboza estava lá também. Fechando a Bienal com chave de ouro.

Só tenho duas conclusões a tirar dessa bienal, a primeira é que a Patricia Barboza amou o nosso estande e por isso tava lá todos os dias e a segunda é que o povo é mal educado que não sabe colocar o livro de volta no lugar e só sabe reclamar.

PROMOÇÃO DE MARCADORES

A promoção é super fácil, leia o post, responda nos comentários: “Qual autor estava todos os dias no estande da Record?” e tweet essa frase: “Eu respondi a pergunta e quero ganhar os marcadores que o @blogdasresenhas está sorteando http://kingo.to/1aHy”

A promoção vai até o dia 5 de setembro e o vencedor será anunciado no dia seguinte.

– Regras:

*Tem que residir no Brasil;

*Responder corretamente a pergunta (fala sério gente, é fácil, quem leu o posto sabe.);

* Retwittar a frase;

*E sim, eu vou conferir para ver se a pessoa comentou e retwittou antes de anunciar o vencedor;

O Kit contém marcadores, livretos e um cupom de 25% de desconto para o Grupo Editorial Record.

Este é o kit!

Boa sorte a todos!

Especial Bienal SP 2012 – Dicas e informações

E voltamos um tanto atrasados com nosso especial sobre a Bienal de São Paulo.  Nesse post, você encontrará dicas e informações para quem for à feira. Não esqueça que no post passado falei sobre a programação, então, se quiser montar seu roteiro, é só consultar.

O primeiro passo é chegar lá. Para saber mais sobre a localização ou os transportes que fazem o trajeto, consulte o site da feira. Como não moro em São Paulo, não sei explicar, mas várias pessoas já disseram que é possível pegar o metrô e, ao sair dele, pegar um ônibus gratuito para o pavilhão de exibições, tudo bem prático. Sugiro que usem sim o transporte público. O estacionamento custa 30 reais ( o que, acreditem, vale 3 livros ou até mesmo 6 ), simplesmente não vale a pena – a não ser, claro, que seu uso não possa ser evitado.

Um detalhe que eu percebi esse ano é que a bilheteria sempre tem fila. Quanto mais cedo você for, mais cheio vai estar – principalmente fins de semana -, então eu sugiro que você compre seu ingresso antecipadamente para evitar essa etapa – e ainda poder chegar na abertura da feira. Você pode comprar ingressos antecipados pelo site Ingresso Rápido ou na Fnac Pinheiros ( localização no site). Fila para entrar na feira só tem no início, às 10h ( a bilheteria abre às 9h ), mas não é nada que não dê para enfrentar.

Ao entrar no pavilhão, você vai encontrar um balcão de informações. No início da feira, sempre tem alguma coisa bacana por lá: adesivos, panfletos ou mapas. Faça dele sua primeira parada. Ano passado, no Rio, era fácil de se encontrar uma planta da Bienal ( tanto no dia do evento como no site ). Esse ano isso não foi possível, mas há um aplicativo que ajuda bastante para Iphone e derivados ou dispositivos com sistema Android. Faça o download no site com o seu aparelho. Além de ter uma planta, o app indica o estande no qual você quer chegar ( só clicando no nome da editora ), marca seus favoritos e conta ainda com a programação dos dias da feira. Eu demorei um pouco para entender a planta, mas depois que você pega o jeito, agradece a praticidade.

O que levar? – Para ir à Bienal, o ideal é usar uma roupa confortável e sapatos que acompanhem seu ritmo de caminhada. Leve também um mochila com um lanche ( barra de cereais, sanduíches, biscoitos etc ) e uma garrafa d’água. O preço tanto das comidas quanto das bebidas não é nada atraente, por tanto, o melhor é ir bem alimentado e ainda preparado no caso da fome perturbar seu passeio.

Cenários especiais – Ano passado, na Bienal do Rio, a feira contava com algumas atrações bem interessantes. Lembro de uma escalada e até mesmo um labirinto. Mas, esse ano, não há, até onde sei, nada nesse estilo pela feira. Contudo, ainda tem coisa bacana. O forte são os cenários. Tem vários cenários muito bonitos que as editoras montaram. Vale a pena bater foto em cada um deles. No estande da Leya, tem o trono de ferro para você sentar e posar de soberano. No estande da Martin Fontes, o Bilbo e o Gandalf de papelão te aguardam para uma foto. Nos estandes da Planeta e da Novo Conceito, há murais com os livros publicados, os quais dão um ótimo fundo. No estande de quadrinhos da Comix Book também há personagens bacanas.

Indo às compras – Na Bienal, o que vale a pena comprar mesmo são os livros em promoção. Você encontra muita coisa cara, mas também vários livros com descontos ótimos. Na Leya e na Record, tem sessões “saldão” com livros a dez reais. A seleção deles não fui muito boa, mas por esse preço sempre vale a pena dar uma olhada. A Intrínseca tem livros na mesma faixa de preço, apesar de não ter dado uma olhada nos títulos. Só sei sobre Cotoco, que sai por oito reais. Várias outras editoras também estão com livros com desconto. São títulos interessantes que saem por até vinte reais. São essas: Saraiva, Gutenberg ( do Grupo Editorial Autêntica ), Ediouro, Novo Conceito, Novo Século e outras…Duas editoras que estão realmente valendo a pena são a ID e a Objetiva. Na editora ID, os livros estão quase todos com desconto e tem uma parte de saldão com os títulos mais antigos a dez reais. Na Objetiva, vários pockets estão custando cinco reais. A maior parte dos livros da editora está com 50% de desconto e alguns saem a dez reais. É o lugar com melhor custo benefício, guarde o dinheiro para esse estande.

Não vai à feira? Aproveite assim mesmo! A livraria Cultura está fazendo um especial paralelo à Bienal com promoções de livros ( 50% de desconto e sem frete! ) de grandes editoras. Sempre tem uma editora nova. A da vez é a Gutenberg, com títulos como Fazendo meu filme e A Lista Negra saindo por menos de vinte reais.

Gostaram das dicas? Tem alguma recomendação a adicionar? Comentem 😉

Especial Bienal SP 2012 – Programação

A Bienal é um lugar muito fácil de ficarmos perdidos no tempo e no espaço. Com tantas pessoas legais ( autores, blogueiros, jornalistas e leitores tão apaixonados por aquilo tudo quanto você ), ficamos sem saber aonde ir ou que fazer/assistir. São inúmeras palestras, lançamentos, sessões de autógrafos, encontros de blogueiros, especiais e atrações que a gente quer mesmo é se multiplicar em vários para poder participar de tudo. Mas, apesar de estarmos rodeados por livros, não estamos dentro deles – de modo que se dividir não é uma opção. Então o jeito mesmo é fazer uma lista e correr atrás do que vale mais a pena.

Vou deixar os links onde vocês podem conferir a programação da feira e, mais abaixo, mostro o roteiro que selecionei. Mas já dou algumas dicas para vocês montarem seus planejamentos: se tiverem oportunidade, vão mais um dia. Um para curtir a programação e outro para comprar livros, pegar brindes e conhecer melhor o ambiente e os estandes. Se você ainda está escolhendo o dia que vai, sugiro que selecione aquele que mais tem coisas legais. Vai ter uma sessão de autógrafos, uma palestra bacana e um bate papo interativo, tudo num dia só? Então é esse mesmo! O melhor é ir e aproveitar ao máximo o que a feira tem a oferecer.

Confira a Programação Cultural para saber sobre as palestras e apresentações.

Confira a Programação dos Expositores para saber o que vai rolar no espaço das editoras e  sua localização.

Confira a lista de Autores Presentes para saber quais livros levar ou comprar a fim de poder ganhar autógrafos!

Confira a lista de Lançamentos para saber quais livros estarão ganhando programas especiais nos estandes ( tem sempre sorteios bem legais, vale a pena! ).

Roteiro

E, com vocês, o roteiro que eu separei:

Atividades, cursos e autógrafos

Intrínseca ( estande D60):

Dia 11/08 – Encontro de blogueiros com participação do skoob às 16h no estande da editora. Vagas limitadas. Caso tenha interesse, envie um email para marketing@intrinseca.com.br confirmando sua presença.

Dia 12/08 – Dia “A Culpa é das Estrelas” – Atividades interativas com bate papos e vídeos desde 11h às 19h, também no estande da editora.

Dia 19/08 – Curso de Mitologia Greco Romana para Semideuses. Serão liberadas somente 100 senhas, as quais devem ser retiradas no estande da editora às 10h. O curso terá início às 16h no Auditório Lygia Fagundes Telles.

Novo Conceiro ( estande E64 ):

Dia 10/08 – Bate papo sobre leitura com a jornalista Karina Andrade, da 89FM, às 19h, no estande da editora.

Vários outros autores ( nacionais e internacionais ) da editora estarão presentes. Para saber mais, confira a programação completa.

Grupo Editorial Autêntica ( estande L78 )

Dia 12/08 – Lançamento do livro “Necrópolis – A Fronteira das Almas” com presença do autor Douglas MCT – às 16h, no estande da editora.

Dia 18/08 – Sessão de autógrafos do livro “Para todos os amores errados”, de Clarissa Corrêa, às 14h, no estande da editora.

Palestras e debates:

#Você + Quem = ?
Estande K 58 – As senhas para as sessões devem ser retiradas no estande duas horas antes das mesmas.

11/08:

Às 11h, Crush: Adolescer!, com Cecily Von Ziegezar (EUA), Thalita Rebouças e Paula Pimenta.

12/08:

Às 11h,  Lobisomens E Vampiros À Solta, com Sarah Bakley-Catwright (EUA), André Vianco, Marta Argel, Giulia Moon e Santiago Nazarian.

Às, 15h, As Relações De Amor Em Tempos De Internet, com Laura Muller e Carina Rissi.

14/08:

Às 18h,  Blogs E Vlogs, com Pc Siqueira, Marcelo Cidral, Pablo Peixoto e Felippe Cordeiro.

19/08:

Às 11h, Vozes Da Literatura Contemporânea, com Antonio Prata, Ricardo Lisias e Fabrício Carpinejar.

Espaço do Professor

10/08:

Às 17h,  Ser Leitor, Que Diferença Faz? ( oficina de textos ), com Luzia de Maria.

Gostaram do roteiro que eu selecionei? Já estão preparando o de vocês? Comentem 😉

No clima da Bienal!

Achou que iríamos esquecer da feira de livros mais importante do ano? Nem pensar! O Blog das Resenhas trará a vocês nos dias seguintes informações bem legais para fazer uma boa visita à feira, com muitas dicas, destaques de lançamentos, de palestras ou debates, serviços, localização e muito mais.

Estarei presente no dia 12, domingo, sobre o qual trarei uma cobertura na semana que vem. Participarei de vários eventos bacanas, incluindo o Encontro de Blogueiros, e trarei muitas novidades para vocês. Voltarei também com vários marcadores, então aguardem muitas novidades! Enquanto isso, vamos nos preparando para o evento, pois agora o clima é de Bienal!

Você vai à Bienal? Que dia(s)? Sobre o que você quer mais saber nos posts que iremos publicar? Comente 😉

Encontro de Blogueiros Bienal 2012!

Julho abriu as portas e estamos entrando cada vez mais no clima da Bienal. Feira cheia de gente com livros de todos os preços pra tudo que é lado, autores falando, autografando, salas interativas, sorteios, muitos marcadores…Bienal é uma festa pra quem gosta de ler! E quem não pode ficar fora dessa são, claro, os blogueiros literários. O grande problema ainda é localização ( um ano no Rio, outro em São Paulo ), mas já estão sendo feitos eventos menores em outros estados ( tem a de Minas e a do Amazonas, até onde eu me lembro ). Contudo, as feiras das duas grande capitais da região Sudeste ainda são as que atraem mais autores bacanas ( tanto nacionais quanto internacionais ), leitores e editoras. Esse é o ano de São Paulo receber todo esse pessoal das letras e a Bianca, do Hellostar, teve a ótima ideia de organizar um encontro de blogueiros e leitores.

O evento consiste em reunir blogueiros e leitores em algum estande de uma editora menos popular ( para não ter confusão  e desordem ) e todos se conhecerem, trocarem livros que não querem mais, passearem pela Bienal e fazerem tudo de bom que há nesse maravilhoso evento ( ano passado, no Rio, tinha um labirinto do Maze Runner e alguma outra coisa no estilo de Guerra dos Tronos. As editora sempre inventam umas atrações sensacionais! ). As palestras e sessões de autógrafos também deverão ser exploradas pelo grupo, mas ainda não podemos falar disso, pois a programação não foi divulgada ( o que não deve ocorrer até a metade de Julho ).

Tanto blogueiros quanto leitores podem participar do evento, é só preencher o formulário que a Bianca elaborou para todos termos um controle de quantas pessoas virão – e quem são essas pessoas. Quer participar? Preencha o formulário! O encontro será em um dos domingo do evento, ou dia 12 ou dia 19 de Agosto, às 13h30. O local de encontro ainda está sendo decidido. Está sendo planejado de todos levarmos livros que não queremos mais para trocarmos. Assim já podemos riscar alguns desejos da lista e economizar na feira. Os ingressos estão sendo vendidos a 12 reais, sendo 6 para estudantes e professores.  Saiba mais sobre o encontro pelo post do Hellostar.

Estou querendo muito ir, mas como moro no Rio, várias impossibilidades aparecem. Contudo, confirmo presença, só não com 100% de certeza. Os leitores do blog que quiserem me encontrar lá para bater um papo e trocar livros, sejam muito bem vindos. Preencham o formulário e juntem-se ao grupo 😉 O pessoal interessado que já se inscreveu, não deixe de divulgar e colocar o banner na widget do blog ( no caso de leitores, indique pros amigos e em grupos de skoob e facebook ). A ideia é muito legal e tem tudo pra ser um sucesso, só depende da divulgação e ajuda de todos 🙂

Vai participar? Tem alguma sugestão? Comente! 😀