Dia das Mães

Alguém já se perguntou o porquê de existir este feriado ? Sim, tem, como tudo, uma historinha e é esta que vamos contar.

A jovem Anna Jarvis, no início do século XX, perdeu sua querida mãe. Ela ficou muito triste com o ocorrido e, suas amigas, a vendo desse jeito, decidiram fazer uma festa para animá-la. Anna fiou realmente melhor e, gostou tanto da festa que quis expandí-la para todas as mães do mundo, vivas ou mortas. A data, tudo ocorreu nos EUA, foi oficializada no país no ano de 1914, pelo presidente da época. O primeiro dia das mães brasileiro foi no dia 12 de Maio de 1918, pela Associação Cristã de Moços de Porto Alegre, oficializada em 1932 pelo presidente Getúlio Vargas, posta para o segundo domingo de Maio e determinada parte oficial da Igreja Católica no ano de 1947.

Um dia com minha mãe

Claro que os comerciantes se aproveitaram desta data para estimular as pessoas a comprarem, mas não deixamos nossas mães felizes com isso. . Se ainda não fez o quiz para saber qual o presente perfeito para sua mãe, veja este link , Quizz Dia das Mães

No dia das mães … Deixe ela trabalhar o mínimo possível. Dê descanso a sua mãe, garanto que ela se dará mais que satisfeita. Faca um programa que ela gosta muito mais não tem tempo, como ir a um parque, ao teatro, piquenique, ou mesmo um almoço familiar com as coisas que ela ama comer. Cartões são muitos legais de se fazer. Se puder, imprima boas imagens da internet e anexe em seu cartão. Se quiser dicas para fazer cartões entre em contato conosco pela página “Contato”.

Tirinhas

Para descontrair, vamos ler algumas tirinhas de um site que encontrei ? Quem quiser ver todas , aqui o link Mothers Day Cartoon ( inglês necessário, as desta página já estam traduzidas, se não conseguir traduzir as do site, contate-me que eu envio a tradução ).

tradução : Teria mais se o cachorro não tivesse comido metade de tudo antes que eu pudesse trazer para você

tradução - A mãe falando sobre o avental : Eu amei

tradução : Mãe é o nome para Deus nos lábios e corações de todas as crianças

Mães

Aquela que nos criou dentro e fora da barriga  é a quem chamamos de mãe. Foi bastante descrita a relação entre mães e seus filhos. Já foi exaltada em diversos poemas e romances, além de ser amada e admirada por milhares de pessoas. Entenderemos no próximo post do festival as origens do dia das mães. Para começar o post “Mães”, separei um poema de Edgar Allan Poe ( sim, o mesmo que escreveu todos aqueles mórbidos contos que lhe assustaram ) que o escreveu em dedicatória em sua mãe, que morreu quando este era muito pequeno.  Leia por este link mais sobre a biografia de Poe. O poema é belíssimo e extremamente tocante, aproveitem :

“Minha Mãe

Porque os anjos (bem sei) na celestial altura, quando falam de amor entre si, meigamente, não podem encontrar uma expressão mais pura que a de mãe, nem mais linda, ungida e comovente, eu, de há muito, te dou esse nome perfeito, pois tu és, para mim, mais do que mãe, por certo, desde que a morte veio instalar-te em meu peito, ao tornar, de Virgínia, o espírito liberto.

A minha própria mãe, morta no albor da vida, foi minha mãe, tão-só; mas tu és mãe daquela que tanto amei; por isso, és muito mais querida, infinitamente és mais querida do que ela, assim como minha alma achava mais preciosa que a própria salvação – minha adorada esposa.”

– Edgar Allan Poe

Exuguem as lágrimas  que tem mais pela frente. Vamos às resenhas :

Livro

Histórias para aquecer o coração das maes – Este livro reúne várias  pequenas histórias de diversos autores. Todas elas são comoventes e realmente ( sei que parece clichê, aliás, é clichê, porém, verdade ) aquecem o coração. Um livro muito emocionante, um perfeito presente para mães sentimentais que gostam de ler.

Filme

Sexta- Feira muito loucaJá pensou em trocar de corpo com sua mãe ? Imagine ela andando pelo seu colégio na sua pele. Ou melhor, imagine-se indo trabalhar, cuidando da casa e etc, na pele dela. Bem, é isso que acontece no filme sexta-feira muito louca. Mãe e filha , que muito discutem, trocam de corpo e só podem destrocar quando uma conseguir compreender a outra. o filme é bem engraçado, vale a pena assistir com sua mãe. Veja o trailer abaixo :

Mães Fictícias

Vamos falar um pouco sobre mães que só existem em livros, mas deram o que falar.

Lilian Potter

Lilian Potter – A fabulosa mãe de Harry Potter, além de uma doce mulher, entregou sua vida por seu querido filho, protegendo-o das garras do cruel Lod Voldemort.

Mrs. Bennet

Mrs. Bennet – Essa senhora não se dá o luxo de descansar em quanto não ver todas suas filhas casadas e em segurança. Bem sabendo que se depender dos parentes distantes, as meninas Bennet ficarão sem nenhum tostão e ainda solteiras, Mrs. Bennet luta arduamente para que cada uma se case apropriadamente, a fim de lhes proporcionar um futuro melhor.

Lembra de alguma mãe de livros ou filmes que deu o que falar ? Escreva nos comentários !

Nos desculpe pelo atraso com o festival ! O segundo post vem amanhã pela parte da tarde. Boa Leitura !

Festival Amor Materno

tradução : Não, não é uma "caichinhos dourados", mas você chegou perto.

O Festival Amor  Materno tem início amanha e acaba no domingo. Eu o separei em dois temas :

– Mães – Conheca os livros e filmes que falam sobre essas adoráveis criaturas. Iremos falar também das mais famosas mães  fictícias e reais.

– O Dia das mães – Saiba mais sobre este dia e encontre diversas maneiras de comemorá-lo com sua mãe. Mostraremos também opções de presentes para elas.