Resenha: Big Bang: A Teoria – Guia Não Autorizado da série

Que tal um livro somente sobre o sucesso televisivo The Big Bang Theory? Um livro que nos conte sobre os personagens, os atores que dão vida a essas figuras, os cenários da série, as referências nerds dos episódios e tudo mais que um fã do seriado pode querer saber. Pois bem, em Big Bang: A Teoria – Guia Não Autorizado da série, você encontra isso e um tanto mais. Esse um tanto mais unido a uma linguagem formal é o que faz do guia não acessível a qualquer um que goste ou se identifique com o programa. É o que impede o guia de ser cativante e interessante do início ao fim.

O livro é dividido em 7 partes. Cada parte é subdividida em capítulos que abordam tópicos diferentes do mesmo tema. O problema da dinâmica do guia é exatamente pelo fato de que alguns capítulos são desnecessários ou simplesmente forçados. A parte 3 fala sobre lugares da série: quais são fictícios e quais realmente existem. O autor vai listando a maior parte dos lugares que a série teve como cenário ou referência, sendo que, na verdade, a maior parte deles se tratava de uma representação no estúdio da Warner Bros.. A empresa onde os meninos trabalham, a Caltech, nunca foi usada como cenário no seriado, mas sim uma montagem no estúdio. Contudo, assim mesmo, conhecemos vários pontos do Instituto. George Beahm traz para o guia tópicos que vão além da série, informações desnecessárias que não interessam ao leitor por não terem uma conexão tão forte com o programa. Não precisamos de detalhes do lugar onde os personagens trabalhariam caso existissem – isso só um exemplo dentre do leque de outros tópicos bem a parte do seriado que se encontram no livro. Esses assuntos que poderiam ser facilmente retirados atrasam a leitura por desinteressar o leitor – além de afastar àqueles que simplesmente gostam da série e não querem detalhes em cima de detalhes. Entretanto, o livro tem outras partes muito interessantes que valem a pena serem listadas:

Parte 1: Introduzindo o livro, a primeira parte fala da origem da série. Conta sobre o fracassado episódio piloto de 2006. Nos seus primórdios, o programa se baseava em rir dos nerds e não com eles – o fator que realmente torna The Big Bang Theory fantástico. O autor nos conta como, a partir dessa premissa sem resultados, os criadores chegam até à série que hoje conquistou milhões de telespectadores. Uma curiosidade muito interessante que descobri nessa parte foi que The Big Bang Theory é um trocadilho da teoria que originou a Terra com o termo big bang, que significa também grande transa. Outro ponto legal desse capítulo foi uma listagem que o autor fez sobre 11 motivos para sermos loucos pela série. São basicamente uma mistura dos personagens e das referências nerds que todos se amarram.

Parte 2: Divida em vários capítulos, essa parte do livro fala sobre os atores e seus personagens. As melhores partes são sobre Sheldon e sua personalidade e sobre Penny, onde o autor compara a série com a história do Peter Pan. Sheldon seria o Peter Pan ( o menino teimoso que se recusa a crescer como os outros ), Penny seria a Wendy ( que desenvolve uma relação amigável e até mesmo materna com o morador da Terra do Nunca ) e Leonard, Howard e Raj seriam os meninos perdidos ( que saem da Terra do Nunca e conseguem crescer). Achei super interessante essa conexão.

Parte 4 e 5: Nessas partes, ficamos por dentro, respectivamente, das citações nerds e científicas da série. As duas tem alguns capítulos que se alongam muito quanto ao assunto, mas, em sua maioria, abordam temas bem legais para explorarmos o conteúdo do programa. Na segunda dessas duas partes, conhecemos mais sobre o físico David Saltzberg, o responsável por revisar o roteiro a fim de ver se as partes que envolvem a ciência estão nos conformes. Ele também bola algumas piadas e outras citações científicas. O físico tem um blog em inglês onde ele fala mais sobre o tema científico de cada episódio. Confira: The Big Blog Theroy. Encontrei também na íntrega uma entrevista traduzida com o cientista onde ele fala mais sobre seu trabalho no programa. Alguns trechos da mesma aparecem no livro.

Parte 7: A última parte do livro nada mais é que um glossário com vários personagens, lugares e referências da cultura nerd e pop com breves explicações. São quase 100 páginas de glossário com muito conteúdo. Cada item, além da explicação, também revela em que episódio o tal personagem/lugar/etc foi mencionado e em qual situação.

Big Bang: A Teoria – Guia Não Autorizado da série é um livro para nerds fãs mesmo de The Big Bang Theory. De repente, como se trata de um guia, ou seja, não tem uma continuidade onde você precisa ler todos os capítulos para fazer lógica, também pode agradar aos que somente se interessam pelo seriado. Só acho que eles vão pular algumas partes… ( como eu faria, se não estivesse analisando a obra para resenha ).

O título e a capa dos Estados Unidos são bem fracos comparados aos da versão brasileira. Na minha opinião, pelo menos. O livro originalmente chama-se The Unraveling Mysteries of The Big Bang Theory. Confira sua capa abaixo:

Uma citação que me fez parar de ler para rolar de rir:

Isso sempre espanta as mulheres [apresentar-se com um simples olá]. Eu preciso de algo engraçado, esperto e que sugira delicadamente que meus dotes sexuais são inversamente proporcionais à minha altura física. – Howard ( Página 65 )

Anúncios

Sobre Victor

Gosto de cheiro de livros novos e de biblioteca com livros velhos, de livros ( dessa vez das letras mesmo ), de chocolate, de escrever, de ficar no computador, de dias frios com céu bonito, de ir ao cinema, passear no shopping com os amigos e de viajar. Ensino inglês e um dia ainda quero publicar alguma coisa. Bolsa Amarela, Harry Potter e a pedra filosofal , Entrevista com o vampiro e Crônicas de uma namorada são meus livros favoritos. Perdi a conta de quantas vezes vi "A Múmia". Quanto às séries que gosto, sempre mudo. Elas têm suas temporadas e eu tenho as minhas.

Escreva seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s