Animais Fantásticos 14# – Unicórnios

Estou falando hoje do animal que venceu a última enquete. Em meio a essa época, que eu considero a mais irritante do ano inteiro, foi até bem difícil escrever. Mas, de qualquer forma, aproveitem a coluna sobre os Unicórnios! (PS: Cuidado, no final do primeiro parágrafo tem um pequeno spoiler sobre o filme do Tintin.)

Image

Um nome alternativo do Unicórnio que quase nenhuma pessoa conhece é Licórnio. (Uma rápida observação: Você que gosta de cinema provavelmente sabe do novo filme do Tintin chamado “O segredo do Licorne”. E com Licorne ele se refere ao nome do navio, mas que na verdade deveria ser traduzido para Unicórnio ou Licórnio, já que em alguma mídias o navio tem um enorme unicórnio nas velas.)

Unicórnios são animais que praticamente não variam de um mundo para o outro sendo sempre retratados como equinos de tamanho geralmente maior que o normal com um grande chifre saindo de sua testa. Existem unicórnios negros, sendo que estes são muito mais raros que os mais comuns unicórnios brancos.

Eles são, sempre, criaturas temperamentais. Ou talvez temperamentais não seja a melhor palavra, algumas vezes chega a parecer que suas atitudes são baseadas de forma muito parecida com os Grifos, a partir de orgulho e semelhantes.

Me sinto de certa forma obrigado a citar um trecho de Leonardo Da Vinci que é difícil de se adaptar: “O unicórnio, através da sua intemperança e incapacidade de se dominar, e devido ao deleite que as donzelas lhe proporcionam, esquece a sua ferocidade e selvajaria. Ele põe de parte a desconfiança, aproxima-se da donzela sentada e adormece no seu regaço. Assim os caçadores conseguem caça-lo.”. Da Vinci escreveu sobre muitas criaturas fantásticas e às vezes parece que suas descrições influenciaram, e muito, a imagem que temos atualmente de tais seres.

A magia referente a um unicórnio muda bastante dependendo do criador. Em alguns meios eles possuem um nível incrível de magia, podendo fazer coisas incríveis sem praticamente muito esforço, mas em outros lugares eles não possuem nenhum poder excepcional. Geralmente a chave para sua magia é o chifre, fazendo de unicórnios alvos de caçadores para obter os chifres encantados.

Os unicórnios nos livros – (Existem spoilers abaixo, então, cuidado e veja a capa antes dos livros pra saber até onde você precisa ter lido)

ImageHarry Potter – A aparição dos Unicórnios no mundo de Rowling é bem curta, sendo que eles só aparecem uma vez no primeiro livro quando Voldemort bebe o sangue de um para conseguir se manter vivo enquanto não conseguia obter a pedra filosofal.

ImageDragões de Éter – Um unicórnio aparece para ajudar ao príncipe Axel após sua prece ao Semideus Criador. O unicórnio que foi ao auxílio de Axel era um unicórnio negro que possui um nível de magia maior que os unicórnios brancos. Os unicórnios desse mundo são capazes de “teletransportar” tudo ao seu redor por determinada distância.

ImageAs crônicas de Nárnia – O unicórnio Precioso era o companheiro do rei Tirian no último livro. Ele se mostra muito fiel ao rei e extremamente orgulhoso. Ele se deixa montar apenas uma vez durante o livro, onde é deixado muito claro que isso só pode acontecer em casas de extrema emergência.

Anúncios

Um pensamento sobre “Animais Fantásticos 14# – Unicórnios

  1. Como sou apaixonada por cavalos, Amei esse post!
    Sempre gosto dos unicórnios dos livros 🙂
    Criaturas lindas!!!

Escreva seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s