Animais Fantásticos 12# – Basiliscos

Bem, esse animal deu uma surra tão grande nos outros que apareceram na enquete que eles devem estar em coma a essa hora. Mas, pra resumir, Basilisco ganhou, então vou falar dele.

ImageÉ um tanto difícil dizer com precisão qual foi a primeira cultura ou até mesmo pessoa que citou o Basilisco pela primeira vez. Sua descrição varia tanto de uma cultura para outra que chega a ser ridículo o que acontece com a imagem dele. Um único fato que se pode ter certeza sobre os Basiliscos é que são sempre répteis e são sempre gigantes quando adultos.

Nos poucos lugares em que se descreve como nasce um Basilisco sua origem geralmente se dá de um ovo de cobra que acabou por ser chocado por um galo por engano. Ou as vezes até mesmo o contrário.

A crueldade do Basilisco é algo terrivelmente assustador. Ele seria um ser tão carregado de ódio e com uma sede de sangue tão grande que somente seu temível olhar seria mais do que necessário para matar uma pessoa. O único jeito de matar um Basilisco seria usando a sua maior força contra ele mesmo, fazendo com que a criatura visse a sua imagem refletida em um espelho ou na água, o que o mataria instantaneamente. Numa breve descrição de Da Vinci, ele diz que a crueldade de um basilisco é tamanha que ao ver que não pode matar um ser vivo com seu olhar venenoso ele se vira para as plantas e as seca apenas com o olhar.

A descrição mais aceita sobre os Basiliscos é que eles seriam cobras gigantes com uma espécie de coroa na cabeça. O que mais varia na aparência do Basilisco é sua cabeça, algumas pessoas preferem descrevê-lo como tendo uma cabeça de galo ou até mesmo de humano, apesar desta última ser muito mais rara. A descrição de seu corpo pode ser o de uma serpente, o de um lagarto ou até mesmo de um dragão, há diversas combinações diferentes quanto ao corpo e a cabeça do monstro: Dragão com cabeça de galo ou lagarto com rosto humano.

Os manuscritos da mitologia dos Vikings é uma das melhores fontes de citações sobre criaturas mitológicas existentes nas histórias, mesmo que estas sejam curtas. Em um deles é dito que mesmo que se consiga estocar uma espada no peito da criatura, o veneno irá escorrer pela espada até chegar ao braço do atacante que terá de ser amputado para não resultar em morte.

Os Basilisco nos livros – (Existem spoilers abaixo, então, cuidado e veja a capa antes dos livros pra saber até onde você precisa ter lido)

Image

Harry Potter – Provavelmente a única citação atual a esta criatura que era tão usada na antiguidade. O Basilisco seria a criatura que estava guardando a Câmara Secreta e que foi deixada lá por Salazar Slytherin. Foi despertado e usado como arma por uma das partes de alma de Voldemort (Uma Horcrux) a fim de eliminar vagarosamente aqueles que não possuíssem uma descendência bruxa pura. A criatura se locomovia pelo sistema de encanamentos da escola, que eram acessíveis a partir da câmara. Harry conseguiu matar o monstro com a espada de Godric Gryffindor. O sempre mortal veneno da criatura seria uma das poucas coisas existentes que poderia destruir uma Horcrux.


Anúncios

Um pensamento sobre “Animais Fantásticos 12# – Basiliscos

Escreva seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s