Resenha: A Passagem do Anjo

Ficou minha vez de postar logo no dia do SOPA. Mas nós aqui do Blog das Resenhas apoiamos o #StopSOPA, hoje mesmo já teve post sobre isso. Se você não sabe o que é, não deixe de se informar, porque afeta diretamente o modo como você se relaciona a internet, afeta a sua liberdade de expressão. Se informe aqui. Agora voltamos à nossa programação normal:

*sinopse incluída na resenha porque a oficial é muito grande e não é tão boa

A Passagem do Anjo é um livro eu já tinha visto por aí, mas não tinha pensado em parar para ler (ou ver o que era) até a mãe da Igra (que também escreve aqui) decidir me emprestar. Como eu não recuso oportunidades, aceitei. Eu só tinha ouvido que tinha lobisomem e tinha algo a ver com História, fora isso eu não sabia nada, então não teve como me decepcionar, mas também não me agradou muito. Esse é um livro que você tem que gostar dos conflitos políticos trazidos pela religião no passado e um pouco de histórias com aquele tom de reflexão sobre a vida e o mundo. Se você gosta disso, esse é livro para você. Se não, não se iluda pelo lobisomem, ele é mais metáfora do que outra coisa.

O livro que conta a vida inteira de Angelo, um homem meio anjo (metaforicamente!) e meio lobisomem. Na primeira parte, conta como ele cresceu e todos os problemas que sofreu (pai que batia na família, rejeitado por causa da aparência, problemas com a mãe…) e de como isso foi transformando-o em uma pessoa amarga e cheia de ódio. Mais tarde, mostra ele já adulto, quando parece tomar jeito e buscar algum caminho na vida, mas acaba se envolvendo em conflitos outra vez. Depois disso, passa um tempo de “castigo” vivendo como lobo, tempo o qual pouco se lembra. Nesse período, nós acompanhamos mais a vida de seu irmão, Silvestre. E, na última parte, ficamos sabendo o resultado de toda essa vida e no que Angelo se tornou. Além disso, entre esses períodos temos mais três histórias se desenrolando: A primeira, dele mesmo, trancado em um lugar escuro sem saber se um dia vai sair. A segunda é de Gaetani, que sempre foi uma espécie de inimigo de Angelo e os dois se esbarram várias vezes. E, a terceira, a história do mundo com foco na Igreja Católica.

A primeira parte, principalmente as partes de Angelo na Torre Del Lupo, foi uma das que eu mais gostei e serviu para me chamar atenção ao livro. Mas conforme o personagem foi crescendo, a leitura foi continuando, você começa a se perguntar: E daí? Por que tudo isso? Resposta que você demora a encontrar. Vai perceber só mais para o final, quando se dá conta de que está lendo um livro que reflete a passagem das pessoas pelo mundo (a não ser que leia tendo em mente de que é sobre isso que está lendo). O problema é que quando o livro se recupera, a história fica dividida entre a vida de Angelo e os conflitos dentro da Igreja, o que pode acabar desanimando de toda a história. Então, em outras palavras: o ritmo do livro começo bom, cai bastante e se recupera pela metade.

Uma coisa que eu tenho que comentar é sobre Maria. Ela é uma serva de Angelo e eles acabam se apaixonando (isso não é spoiler, você vai ver). Só que ela não é uma garota comum, ela tem cabelos ruivos, olhos verdes, uma personalidade forte e, apesar de sua condição social limitar, ela não é nada boba. Foi uma personagem que eu gostei muito e, só por ela, vale a pena ter lido. O Tino é outro que eu gostei, mas aí já é spoiler.

Sobre os lobisomens: Não leia esse livro esperando encontrar um Jacob ou qualquer coisa da onda sobrenatural, não é um livro sobre isso. É interessante, sim, como o lobisomem é tratato, a mitologia por trás, mas a não ser que você esteja pesquisando todas as formas de um lobisomem ser retratado, não aconselho ler esse livro por isso.

A Passagem do Anjo é um livro para todos aqueles que gostam e querem entender os conflitos entre corpo e mente; e aprender como lidar com eles. Em resumo, a passagem do anjo não é um livro de passatempo ou de aventura sobrenatural é uma busca do “Eu” interior, uma luta da natureza humana com o animal interior, além de tentar equilibrar os desejos da carne com os do espírito.” (Isso está escrito exatamente assim em pelo menos 2 resenhas do Skoob, então não sei qual a original)

Título: A Passagem do Anjo 

Autor: John Sack

Editora: Sextante


Anúncios

Um pensamento sobre “Resenha: A Passagem do Anjo

  1. Achei a sa resenha a melhor de três (outras) que li a respeito do livro. Obrigado por nos ajudar na busca de livro pra ler ou presentear. Valeu!

Escreva seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s