Resenhas: Pretty Little Liars (4 primeiros livros)

Esclarecimento sobre a série de livros:

Pretty Little Liars é uma série com 9 livros lançados lá fora e 6 no Brasil. Parece que já tem planejamento para mais três, mas você que não gosta de séries não se desespere. A cada quatro livros é como um ciclo novo na história (repare até que a capa muda) e principalmente a partir do 9º, Twisted, é um bom “novo começo”.  Na verdade, eu que acabei de terminar o 8º, Wanted, não vejo nem muito motivo para ter mais livros. Então, o que eu quero dizer é: o primeiro ciclo já foi lançado inteiro no Brasil, então você pode ler tranquilamente. Também não deve demorar a lançar os outros 2 (por incrível que pareça, a Rocco está fazendo isso rápido) e você não vai passar pela angustia de saber que vai levar uns 5 anos (!) para desvendar todos os segredos da série que você gosta.

Hoje estou aqui especialmente para uma resenha geral dos quatro primeiros livros da série: Maldosas, Impecáveis, Perfeitas e Inacreditáveis. Eu já fiz uma especialmente para o primeiro livro, que é até uma boa você ler antes para ter uma ideia melhor do início de tudo.

Sinopse da série:

No geral, é uma história sobre quatro garotas (Spencer, Emily, Aria e Hanna) envolvidas com muita história mal contada. Para começar, a noite em que Ali, uma amiga delas, desapareceu. Ninguém sabe o que aconteceu ou como aconteceu. Além disso, elas guardam segredos daquela época: um que todas elas sabem, mas juraram não contar, e outros específicos de cada uma. Todos segredos que só elas sabiam. Elas e a amiga desaparecida: Ali. Com o tempo, elas acabam acumulando novos segredos também, que mais ninguém sabe. O problema é que elas começam a receber mensagens estranhas que começam a desenterrar esses problemas que elas lutam para esconder. Alguém, que assina como A, decidiu usar o que elas escondem para manipula-las. Mas por quê? Quem é essa pessoa? E o que realmente aconteceu naquela noite?

Como eu disse na resenha que eu fiz de Maldosas, eu não sabia no que estava me metendo quando fui ler. Os livros são viciantes e conseguem juntar tanto mistério que mesmo em partes que você não gosta tanto acaba lendo rápido querendo saber o que vai acontecer. Os livros misturam um pouco do clima de livro adolescente rico (tipo Gossip Girl) com aquelas histórias policiais, o que acaba sendo diferente e bem legal. Eu indico muito, pelo menos os quatro primeiros livros (os outros 4 também, mas é que esses merecem uns comentários extras) para todo mundo. E já aviso: se você gostar do primeiro, vai acabar preso aos outros. E essa é uma época ótima para aproveitar: Natal (mais livros!) e férias (mais tempo!).

Os quatro primeiros livros da série seguem um estilo: lembrança do passado, inimigo da vez, a história atual de cada uma delas e um evento no final que junta tudo o que aconteceu. Nesses primeiros livros da série, o foco é mais nas garotas, nos segredos que elas escondem. Elas estão envolvidas com problemas pessoais, fazem mais besteira, elas são ameaçadas por A, ficam naquele “quem é você?” e “como eu faço pra me virar com as ameaças?”.

Um dos legais de cada livro é que na verdade você tem várias histórias para tentar descobrir. Você tem: 1) Quem fez Ali desaparecer? 2) Quem é A? 3) Como esconder o segredo do passado? 4) Como esconder o segredo do presente? Isso sendo que os últimos dois são multiplicados por 4, já que é um diferente para cada garota. Então, mesmo que você não goste tanto de uma personagem ou para uma fique meio lenta, você quer saber o que está acontecendo com a outra.

A autora mistura os segredos tão bem que chega a um ponto em que todo mundo pode ser e todo mundo pode não ser. Mesmo que você consiga adivinhar parte do que vai acontecer, tem sempre um detalhe a mais para te surpreender. Isso me fez lembrar um pouco dos livros do Dan Brown, que seguem o mesmo estilo de “quem está por trás disso tudo?”, mas nos dele depois de ler alguns você pega o jeito e sabe quem é, enquanto em Pretty Little Liars você continua se surpreendendo.

Como nem tudo é perfeito, vou trazer aqui dois possíveis lados negativos dos livros. Primeiro, é que no início de todo santo livro você tem uma recapitulação do que aconteceu (o que é comum em série), mas vai sendo cansativo pra quem está lendo tudo direto. Depois que eu peguei o jeito pulando parágrafos não me incomodou tanto, mas no início foi chato. O outro ponto negativo é que é difícil gostar de todas as personagens. As quatro são bem diferentes e tem problemas bem típicos (A Hanna, por exemplo, obcecada com popularidade e cheia de paranoia). Além disso, você ainda tem uma visão geral do que está acontecendo enquanto elas só têm uma parte, aí você percebe o quão idiota pode ser algo que uma delas está fazendo.

Fora isso, a série tem tantos detalhes e é tão bem construída que eu poderia ficar falando o que tem de legal aqui um tempão. Não se deixe enganar pela boneca na capa e as cores chocantes, esse não é só um livro destinado para menininhas que fala sobre o garoto bonitinho da casa ao lado. Tem muito mais coisa, tem muito mais coisa a séria. E, para terminar, a Sara Shepard não só é boa em criar tramas complexas como na caracterização dos personagens.

MaldosasImpecáveisPerfeitasInacreditáveis

Anúncios

8 pensamentos sobre “Resenhas: Pretty Little Liars (4 primeiros livros)

  1. Realmente eu só conheci os livros por causa da série, acho até que algumas coisas que foram adaptas ficaram bem mais legais que no livro. Mas isso não tira o mérito dos livros vide que eu li os 5 primeiros em 4 dias só pra saber quem WTF era a “-A”.
    Mas acabou que isso se torna uma questão em meio a tantas outras, você fica angustiado a cada segredo novo que aparece, a cada ligação que é feita de um evento com o outro e a cada pergunta respondida em PLL surge mais 4 no lugar, ou seja, é tanto segredo que fico imaginando como uma garota morta rouba a cena num livro que tem 4 protagonistas.
    Mas como todo livro teen que se preze tem toda aquela parte de futilidade da vida adolescente e blá blá blá mas no fim das contas isso fica no background já que o que você quer saber mesmo é o q a “-A” vai armar para as garotas, e te garanto que ela não pega leve nenhum pouco.
    Enfim é uma série ótima de se ler, e que diverte muito, e ainda tem o plus dos livros serem pequeno o que faz com que você termine eles rapidinho, e não fica só naquela futilidade adolescente que é Gossip Girl e que todo livro repete a mesma história, eu mesmo não sei como conseguir ler até o 10 livro de GG, a cada livro de PLL você fica preso a ler o outro por causa dos segredos novos que aparecem.

  2. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAh e as capas são muito feias mesmo, queria saber quem teve a idéia de fazer essa coisas esquisitas e gay pra atrair a atenção das pessoas, eu mesmo ia passar longe nem ia ler a sinopse no fundo do livro.
    Se fosse eu fazia na capa tipo bonecas decapitadas com muito sangue e talzs ia ficar mais legal.

  3. Putz,a capa que ela colocou não é nada legal.A primeira impressão é que é um livro de garotinhas com 6 anos.
    Eu só soube que era PLL porque eu fiquei pesquisando na Internet e vi as capas.
    Eu comprei dois livros lá na Bienal,pensando que era o primeiro e o segundo.Mas lá estava tão cheio que eu nem olhei os nomes direito e comprei os livros quarto e quinto.E então,depois em vi em uma livraria e tinha o livro seis e não resisti.Estou ficando tão ligada nessa série que quero baixar todos os livros-se puder eu baixo em inglês mesmo.
    Eu fui nesse site para ver a resenha e sei lá,se alguém souber um site pra baixar,pode avisar.
    Eu não sou muito boa em achar essas coisas rápido,pode demorar um pouco…
    Pelo que perceberam eu falo muito!

    • Oi, Mayara! Eu te mandei um email sobre os livros, olha lá. Qualquer coisa pode falar comigo pelo @danagrint

  4. Nem tinha visto o promo, realmente muito legal mesmo, falando da capa me lembrei que tem um epi na série que a A manda bonecas representando cada uma delas acho que deve ter sido um tipo de homenagem aos livros sei lá.
    Na série a que gosto mais é a Spencer já nos livros a que curto mais é a Hanna apesar de amar a Emilly dos livros. Mas óbvio que meu personagem favorito entre todos é a Ali na série e nos livros.
    Agora uma curiosidade é que quase todo mundo nos livros é loiro…não sei se foi só eu que percebi isso.
    Eu li todos os 5 primeiros via ebook e em traduções dignas, se não fosse essas comunidades de tradução eu tava ferrado.

    • Verdade, eu lembro disso. Só não tinha relacionado aos livros! HAUHA
      Na série elas são muito mais legais que nos livros. Nos livros tem umas horas que meudeus. Acho que prefiro a Spencer na série também. Nos livros, acho que a Emily (quando ela não tá chorando ou cega de amor pela Ali…).E sério que você prefere a Hanna nos livros? Ela me irrita tanto com a mania de ser popular. Ela é tão paranoica com essas coisas.
      Agora a Ali… a situação da Ali é muito complexa. Ela é muito boa, mas é muito má. HUAH
      Verdade, só a Aria que não é loira. Eu tinha reparado nisso também. Deve ser por isso que mudaram na série. (?)

      To com você nos primeiros livros. Comprei o primeiro e li os outros 5 na internet. O resto aproveitei que tava barato e comprei em inglês.

Escreva seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s