Resenha: Quando cai o raio

Meg Cabot, Meg Cabot, Meg Cabot… dão tanta atenção ao nome da autora que o meu irmão até pensou que era esse o nome do livro. Mas não é à toa, isso é bem comum quando o autor escreve um monte de livros – e livros bons. A questão é que você só leva a sério esse “bons” depois que lê o primeiro. Bem, digamos que eu acabei de levar a sério.

Quando cai o raio é o primeiro livro que eu leio da Meg Cabot (e só li porque o meu irmão ganhou…). Depois de passar por alguns que a leitura não prende tanto, quando você pega um mais viciante até assusta. Li esse livro em um dia e quero ler os próximos.

A sinopse oficial é uma parte do livro, então eu decidi criar uma pra dar ideia sobre o que é o livro.

Sinopse:

A garota, Jess, é atingida por um raio e começa a saber onde pessoas desaparecidas estão. O que você faria se soubesse onde está aquela garotinha bonitinha do mural de desaparecidos? A questão é que não é muito normal a mesma pessoa ligar informando exatamente onde estão todos os desaparecidos e isso começa a chamar atenção do governo. Para piorar, mais um problema: essas pessoas estão desaparecidas ou querem desaparecer? Os problemas de Jess não acabam aqui, mas tudo isso você só vai descobrir no livro, que é como uma declaração dela de como tudo aconteceu.

Essa é uma leitura leve e divertida, que é ótima para passar o tempo. Ultimamente eu li alguns que eram legais, mas só li porque eu já tinha, não eram daqueles que davam exatamente prazer, mas Quando cai o raio é assim. Se tiver com vontade de ler e não tem ideia do que escolher, essa é uma opção. Daria até um desses filmes tipo DA AMANDA BYNES DE GAROTO, mas sem foco no romance.

Como eu coloquei ali na sinopse, a questão do livro é quando o “dom” dela atrai o governo. Tem, sim, um cara sexy que decide dar carona a ela, mas o relacionamento dos dois é secundário. O livro começa com o caso do raio, depois ela descobrindo sobre seu “superpoder” e o que ela faz com ele, até isso causar o maior problema e levar até a um pouco de ação.

O mais legal de tudo é a própria garota, que cativa o leitor com a sua narração e seu jeito. Jess é uma garota meio nem aí pro mundo, do tipo diferente – diferente, não excluída; se você confundir acho que ela não vai ter nenhum problema em quebrar o seu nariz. Ela quer ser forte, não tem medo de quem não é do seu tamanho, gosta de lutas e motos, tem tendências ao crime. O único ponto fraco dela,  que a aproxima das mocinhas de YA por aí, é o garoto. Ela não sabe lidar bem com garotos. Ah, e ela ainda é uma das personagens adolescentes mais reais que eu encontrei, normalmente eles têm uma personalidade meio perdida no tempo.

Bem, hoje acho que é só isso. Já vi gente falando que está em falta personagens fortes e “duronas”, aí está uma chance de encontrar algo do tipo. Boa leitura!

Título: Quando cai o raio

Série Desaparecidos

Vol. 1 de 5 (único no Brasil até o momento)

Autora: Meg Cabot

Editora brasileira: Galera Record

Anúncios

Um pensamento sobre “Resenha: Quando cai o raio

  1. Acredito que um dia ainda irei ler algo de Meg Cabot. Mas, enquanto isso, me contento com as resenhas. O último YA que li foi Fallen, que tem um protagonista, que apesar de ter uma personalidade “forte”, é bem normalzinha. Essa daí de “Quando Cai o Raio” parece sair da rotina. Gostei. De qualquer forma, essa história de dons sobrenaturais misturado com suspense já me atraiu na série da Charlaine Harris “Harper Connelly Misteries”, que teve seu primeiro livro lancado ( as horríveis traducoes da Lua de Papel dessa série – apesar da capa do primeiro livro ser linda – : Visao do Além ) no Brasil mês passado ( ou retrasado? ). Prefiro ler a Charlaine Harris, que já gosto da série True Blood *——* Meg Cabot, de novo, fica pra próxima rs

    Beijos,

    Victor

Escreva seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s