A Garota da Capa Vermelha

Se não me falha a memória esse é o primeiro livro que baseado em roteiro que li. Como a própria Catherine Hardwicke ( diretora de Crepúsculo ) nos informa no prefácio, a autora, Sarah Blakley-Cartwright, se interessou pelo roteiro e quis escrever o livro do filme, acompanhando de perto a filmagem, podendo questionar os atores sobre seus personagens. A impressão que tive foi que o livro, apesar de seus momentos e uma narrativa bem construída, teve sua história pouco desenvolvida. Foram várias as vezes que eu olhava para as páginas e lamentava como aquilo poderia ser tão melhor. Mas, como comentei, o livro não só tem seus momentos como desenvolve um romance interessante, que irá cativar vários amantes do gênero – principalmente de triângulos amorosos jovens. Além disso, a parte final, onde descobrir quem é o lobisomem toma mais destaque e o suspense domina o livro, é muito boa, conquistando o leitor até a última página.

Daggorhorn é uma aldeia que conserva há tempos um pacto com o lobo. Tudo sobre essa misteriosa criatura é pouco comentado e para poucos explicado. Valerie, uma curiosa e sagaz menininha, observa aquilo tudo sem entender. Ela sabe que, uma vez por mês, as famílias devem oferecer um de seus animais como sacrifícios ao lobo, sem ao menos terem ideia de como ele é. Mas ela, determinada e destemida, foi atrás de sua cabra, vendo a fera negra surgir e poupar sua vida – mas não a de seu querido animal.

A menina se torna uma mulher e perde seu amigo de infância e companheiro de traquinagens, Peter. Ele vai embora da vila sem muitas explicações. Enquanto Valerie tem uma mente ampla e pouco conservadora, sua irmã, Lucie, é certinha e preocupada com suas obrigações. Mesmo com suas diferenças, ela a ama intensamente. A mãe das meninas trabalha incessantemente, esperando que ela se casem com um homem de posses e o pai não possue qualquer pose autoritária, além de se humilhar inúmeras vezes quando bebe.

A vida de Valerie sai da rotina quando seu amigo de aventuras, Peter, retorna a Daggorhorn. Mesmo não adimitindo para si, ela percebe que está – e talvez sempre foi – apaixonada por ele. Entretando, por razões inexplicáveis, o menino a evita várias vezes, sendo que, quando conseguem ficar mais próximos, Lucie é encontrada morta. Foi quebrada a paz, o lobo é um perigo. Em meio a tristeza e paixão reprimida, Valeria recebe a notícia de que está noiva de Henry Lazar, um dos homens mais ricos e cobiçados da vila – interesse romântico, inclusive, de sua irmã.

Mas mesmo com tantas intrigas e dificuldades, Valerie ainda está apaixonada, querendo se ver feliz acima de tudo. Por mais que não possam ficar juntos, os dois se necessitam. As coisas complicam mais ainda quando o padre, vendo a situação piorar ainda mais, chama o grande caçador de lobisomens, Father Solomon. A figura que acabaria com o caos é autoritária e alimenta a neurose em todos. Ele diz que qualquer um pode ser o lobisomem, fazendo não só todos desconfiarem de todos, mas como Valerie desconfiar das pessoas mais próximas de si. Ela tem quase certeza que conhece a fera, que é alguém próximo de si. Mas alguém que a ame colocaria ela tanto em riso assim ?

Extra: O livro acaba sem um final concreto, por conta do filme. O capítulo final do livro só foi liberado com a estreia do filme nos Estados Unidos, assim como acontecerá com o capítulo traduzido aqui no Brasil. Para lê-lo, fique de olho no hotsite do livro ( http://www.editoraid.com.br/agarotadacapavermelha/ ) !

Compre o livro: http://www.submarino.com.br/produto/1/23798760/garota+da+capa+vermelha,+a

Anúncios

Sobre Victor

Gosto de cheiro de livros novos e de biblioteca com livros velhos, de livros ( dessa vez das letras mesmo ), de chocolate, de escrever, de ficar no computador, de dias frios com céu bonito, de ir ao cinema, passear no shopping com os amigos e de viajar. Ensino inglês e um dia ainda quero publicar alguma coisa. Bolsa Amarela, Harry Potter e a pedra filosofal , Entrevista com o vampiro e Crônicas de uma namorada são meus livros favoritos. Perdi a conta de quantas vezes vi "A Múmia". Quanto às séries que gosto, sempre mudo. Elas têm suas temporadas e eu tenho as minhas.

Um pensamento sobre “A Garota da Capa Vermelha

  1. Costumo torcer o nariz para romances adolescentes mas, ñ sei se foi a maneira como foi resenhada ou os vários conflitos interessantes no livro, fiquei com vontade de ler. Pelo menos o primeiro capítulo pra ver se vale a pena. XD Obrigada pela resenha!

Escreva seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s