Matched

O ambiente futurístico onde liberdade é coisa do passado é o que chama a atenção em Macthed. Não por ser original – o que de fato não é -, mas sim pela promessa de como isso vai ser explorado no livro. Pouco a pouco, com o desenrolar da história, descobrimos como é a Sociedade, quais são seus costumes e como as pessoas encaram tudo aquilo. Em comparação a nossa realidade, onde as pessoas são bastante responsáveis por suas escolhas e tem liberdade para dar e vender, eu senti que a descrição de como essa curiosa organização funciona ficou um pouco rala. Em muitos momentos, o romance de Cassia sobrepõe essas explicações – que na verdade não deixam o leitor com dúvida, mas poderiam ser melhores.

Como quase todos que completam 17 anos, Cassia irá participar do seu Banquete de Combinação ( do original, Matched Banquet ), onde conhecerá com quem irá casar. A Sociedade combina as pessoas a fim de os futuros filhos tenham melhores genes etc. Como as pessoas moram em províncias e esse sistema seria geral, é comum que os “combinados” não se conheçam. Por isso, cada um recebe um microcartão com as informações de seu “combinado(a)” ( do original, Match ). Cassia é combinada com Xander, seu melhor amigo.

A partir desse ponto as coisas começam a se complicar. Com os segredos aumentando, a história ganha seus altos e baixos – pois, até ali, estava bem interessante – e o problema, na minha opinião, é a protagonista. Cassia é bem sem sal e eu não consegui sentir pena ou aflição diante de seus problemas. Não sei se foi proposital, por conta de ela não ter escolhas e participar de um mundo que não conhecemos, mas, pessoalmente, não simpatizei com ela.

Ao colocar seu microcartão em um aparelho, aparecem dois rostos. Primeiro o de Xander e depois de outro menino, Ky. Em uma reunião particular com uma Oficial ( os que trabalham para a Sociedade ), a mesma diz para Cassia esquecer o segundo rosto. Mas o enigmático menino não será afastado da mente de Cassia tão fácil assim. Inclusive, o erro pode aproximá-los de uma forma irreversível. Mas, escolherá ela se entregar a uma trilha tortuosa que ninguém jamais cruzou ou continuará na sua vida normal onde recebe amor e carinho a tanto tempo conhecidos ?

Macthed ganhou minha classificação de muito bom no Skoob por conta do final. A proposta de Crossed ( segundo livro da série que deve lançar em Novembro de 2011 ) é fantástica. Ally Condie faz uma reviravolta que supera todas as partes desanimadoras.

O livro lança em Abril deste ano no Brasil pela editora Suma de Letras com o título Destino. Achei que combinou com a história pelo fato da Sociedade decidir tudo na sua vida até sua morte, consequentemente, seu destino.

Confira a capa abaixo :

 

A editora promete muitas surpresas relacionadas ao livro até seu lançamento, em Abril, por tanto, fique ligado em suas redes sociais !

Blog do livro Destino – http://livrodestino.blogspot.com/

Twitter do livro Destino – http://twitter.com/#!/livrodestino

Ao que parece, a Disney já comprou os direitos de Macthed. Resta saber se vai ser levado a frente e se teremos um filme à altura do livro.

Anúncios

Sobre Victor

Gosto de cheiro de livros novos e de biblioteca com livros velhos, de livros ( dessa vez das letras mesmo ), de chocolate, de escrever, de ficar no computador, de dias frios com céu bonito, de ir ao cinema, passear no shopping com os amigos e de viajar. Ensino inglês e um dia ainda quero publicar alguma coisa. Bolsa Amarela, Harry Potter e a pedra filosofal , Entrevista com o vampiro e Crônicas de uma namorada são meus livros favoritos. Perdi a conta de quantas vezes vi "A Múmia". Quanto às séries que gosto, sempre mudo. Elas têm suas temporadas e eu tenho as minhas.

3 pensamentos sobre “Matched

  1. uooow, o livro parece ser muito lgl! =] nunca li nenhum do tipo futurista, mas gostei bastante da resenha, vai pra listinha!^^


    hangover at 16

    • Fico feliz que tenha gostado da resenha ^^ Boa Leitura ! Fique ligado nas redes sociais do livro, pois parece que o lancamento da versao brasileira vai sair com muitas outras novidades 🙂

      Abracos,

      Victor

  2. A Suma das letras foi bem rápida em traze esse livro para cá =]. Aliás, acho muito engraçado casos como o de Matched, em que o livro já “nasce” best-seller por toda a campanha feita em cima dele antes do lançamento!!

    Mas estou num dilema existencial quanto a esse: sociedades distópicas – Yes, please!; protagonista chatinha – Not really? Mas pela resenha, os bons momentos compensam os demais, não?

    Acho que vou esperar o lançamento da sequência para ler esse (vai que eu me empolgo e depois a continuação não corresponde? É muito triste quando isso acontece! haha)!

    :**,
    Léka

Escreva seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s