Histórias da noite carioca

Histórias da noite carioca nos faz rir, torcer – ora por Lucas, ora por Tita, ora para seja lá quem for, que tudo acabe bem – e, por fim, escapar na noite, voltando só quando não sabemos mais o que aconteceu ou o que deixou de acontecer. Com tiradas sarcásticas – muitas das quais me fizeram ler, reler e ler de novo até entender e rir enfim – e personagens inesquecíveis, o livro lhe prende do início ao fim, fazendo-o refletir sobre quem existe e quem não passa de ilusão. Abra o livro, sente-se e prepare-se para entrar na mente de Lucas. Qualquer semelhança com a ficção é mera realidade.

Lucas Mongine é um escritor carioca que sai do camp0o da ficção e aposta na realidade, mal sabendo que, mais para frente, essas duas podiam acabar se misturando. Lucas escreve sobre a realidade que se encontra à sua volta, tornando quem conhece e quem encontra personagem.

Com prazos estourados de entrega de projetos, uma sexy e bipolar agente literária que o confunde, Lucas se vê às voltas com um novo projeto que pode trazer o passado para o presente. Sua antiga e interminada paixão, Tita, está de volta com uma proposta : escrever sobre um cara que conheceu. Trata-se de Rodrigo, um homem que aspira virar personagem e se parece, ao menos ao ver do escritor, com o próprio Lucas.

Quando o projeto se inicia, outras pessoas são puxadas para dentro da história, ganhando diversos nomes, descrições e destinos. Mas trazer à tona personagens do passado, velhos amigos, traz também novos dilemas, velhos problemas.

Numa narrativa sarcástica, bem humorada que tem como cenário a cidade maravilhosa, descobrimos mais sobre os relacionamentos de Lucas enquanto ele decide quais deve levar a frente. Ficção e realidade dão as mãos, cercando Lucas de pessoas reais e fictícias, mostrando os que as pessoas são e o que gostariam de ser.

Para trechos, mais detalhes e informações sobre onde comprar, acesse : http://ericnovello.com.br/livros/historias-da-noite-carioca/

Anúncios

Sobre Victor

Gosto de cheiro de livros novos e de biblioteca com livros velhos, de livros ( dessa vez das letras mesmo ), de chocolate, de escrever, de ficar no computador, de dias frios com céu bonito, de ir ao cinema, passear no shopping com os amigos e de viajar. Ensino inglês e um dia ainda quero publicar alguma coisa. Bolsa Amarela, Harry Potter e a pedra filosofal , Entrevista com o vampiro e Crônicas de uma namorada são meus livros favoritos. Perdi a conta de quantas vezes vi "A Múmia". Quanto às séries que gosto, sempre mudo. Elas têm suas temporadas e eu tenho as minhas.

6 pensamentos sobre “Histórias da noite carioca

  1. Ficção e realidade se misturando me lembra o filme “Mais estranho que a ficção” (que, eu sei, todos amam, mas eu detesto tanto o Will Ferrel que não deu para mim, quase morri de tedio rs). O livro tem algo disso?

    Enfim, gosto dessa idéia de brincar com a realidade e confundir o leitor =] !

    :*,
    Léka

    • Eu nao vi o filme, mas também nao gosto do Will Ferrel huahua. Nao aguentei uma vez que ele apareceu em um especial do Nickelodeon. É muito irritante ! Mas creio que nao se compara ao filme nao. É uma mudanca sutil e sao personagens inventados do passado dele, mas com cara de gente real mesmo. Um leitor distraído nao perseberia a sacada dessa mistura. Eu gostei bastante do livro, mas nada supera Neon Azul, o livro mais recente desse autor. É, simplesmente, fantástico.

Escreva seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s