Além da Lenda – Jack, o estripador

O famoso assassino em série que tocou o terror em Londres é conhecido por todos. Longe do que pensam, ele não é só uma lenda ou personagem fictício. De fato, sua imagem foi distorcida por filmes, livros e imagens nos quais ele virou só mais um personagem misterioso e sombrio, como um vampiro ou zumbi. Ele matou várias prostitutas em Londres e ninguém nunca descobriu sua identidade. Não é fictício, nem imortal, mas tem potencial para tirar seu sono. Bons Sustos !

História

Ocorreram vários assassinatos na cidade de Londres, distrito de Whitechapel, Inglaterra nos quais as vítimas eram prostitutas mutiladas e na maior parte das vezes com seus órgãos retirados ( o que seria o ato de estripar ). Acredita-se que antes elas eram estranguladas, já que, mesmo com policiamento, nunca foi encontrado o assassino no flagra e, ao que se tem notícia, os assassinatos eram feitos em silêncio.  Ao que se sabe e até onde foi descoberto, foram mortas onze prostitutas, entretanto, estudos relatam que somente cinco deles foram cometidos pela mesma pessoa. De qualquer forma, com a explosão do assunto, o imaginário popular deu forma a um único assassino, chamado de Jack, o estripador, que seria responsável por todas as mortes com essa característica.

Cartas

Ao longo da investigação e dos assassinatos, os jornais e delegacias receberam diversas cartas assumindo a culpa pelos assassinatos ou somente ameaçando. O curioso das mesmas é que sempre vinham assinadas por Jack, o estripador. A maior parte dela foi considerada mera falsificação – até porque não poderia ter aquela quantidade toda de assassinos. Entretanto, de todas, se destacam três.

As duas primeiras foram feitas por um jornalista que se passava por Jack. Na primeira delas, o termo Jack, o estripador foi usado pela primeira vez.

A segunda vinha com a assinatura From Hell ( Do inferno ), que deu nome a um filme com a temática do assassino. Com ela, vinha uma caixa contendo metade de um rim de uma das vítimas.

A pichação

Foi feita uma pichação em um muro da rua Goulston com a seguinte inscrição ( em algumas das versões ) : “The Juwes are the men That Will not be Blamed for nothing” ( Os Juwes são os homens que não serão culpados por nada ). O termo Juwes ficou sem significado específico. Alguns acreditam se referir aos judeus, mas há teorias que está ligado aos maçons.

» A identidade de Jack, o estripador nunca foi revelada. Há uma seleta de vários suspeitos que se encaixam no perfil, mas, nada pode ser provado e, além disso, há teorias que defendem a existência de mais de um assassino.

Livros e filmes

Existem diversos livros, filmes e documentários que abordam o tema, tanto mais voltado para a lenda quando para os fatos reais. Só vou indicar dois aqui, os que acho mais relevantes e que se destacaram mais.

O vídeo abaixo trata-se de um book trailer, mas foi o que me inspirou a fazer a matéria. Deem uma olhada, é muito interessante.

Jack, o Estripador – a verdadeira história, 120 anos depois

O que torna Jack mais interessante que todos os outros assassinos seriais é o fato de nunca ter sido preso e de não termos idéia de quem ele foi, nem por que cometeu seus atrozes assassinatos. Ele é uma sombra, um enorme ponto de interrogação traçado com sangue. O Estripador se transformou em lenda porque os mitos brotam das lacunas deixadas pela História. Tentar adivinhar a identidade do criminoso de Whitechapel ainda é a principal pergunta ou mistério policial da atualidade.

Do Inferno

Em 1888 a cidade de Londres vive um horror sem precedentes, principalmente aqueles que vivem em Whitechapel. Lá mora Mary Kelly (Heather Graham) e seu grupo de amigas, que vivem sendo hostilizadas pelas gangues locais e são obrigadas a se prostituir para sobreviver. Até que uma das companheiras de Mary, Annie (Katrin Cartlidge), é repentinamente sequestrada, com este acontecimento logo seguido pelo brutal assassinato de Polly (Annabelle Apsion). Desconfiando que tais acontecimentos sejam na verdade uma “caçada” às garotas de Whitechapel, o caso logo chama a atenção de Frederick Abberline (Johnny Depp), um brilhante e perturbado inspetor de polícia que muitas vezes usa de seus poderes psíquicos para solucionar casos. Abberline se envolve cada vez mais com o caso e aos poucos se apaixona perdidamente por Mary, mas quanto mais se aproxima da verdade mais Whitechapel fica perigosa para Abberline, Mary e suas companheiras.

Anúncios

Sobre Victor

Gosto de cheiro de livros novos e de biblioteca com livros velhos, de livros ( dessa vez das letras mesmo ), de chocolate, de escrever, de ficar no computador, de dias frios com céu bonito, de ir ao cinema, passear no shopping com os amigos e de viajar. Ensino inglês e um dia ainda quero publicar alguma coisa. Bolsa Amarela, Harry Potter e a pedra filosofal , Entrevista com o vampiro e Crônicas de uma namorada são meus livros favoritos. Perdi a conta de quantas vezes vi "A Múmia". Quanto às séries que gosto, sempre mudo. Elas têm suas temporadas e eu tenho as minhas.

3 pensamentos sobre “Além da Lenda – Jack, o estripador

  1. Também acho que o que torna o Jack Estripador tão interessante, é o fato de nunca terem encontrado o assassino também.
    Esse filme Do Inferno é bom demais!
    Queria ler também Anno Drácula que tem o Jack Stripador como personagem

    Beijos

  2. Texto rico e bem escrito com todas as nuances do assunto… gostaria de dizer que coloquei o seu blog na lista dos que eu leio, pois já venho aacompanhando o seu trabalho há algum tempo…
    Parabéns!

Escreva seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s