Resenha: Escrava Isaura e o Vampiro

Crítica – O livro é hilário. Combinando os elementos principais e que se ressaltam na obra original com sátiras modernas dos mesmos, Jovane Nunes faz um engraçadíssimo paralelo entre a narrativa romântica e o ambiente do século XIX  com nossas sátiras modernas desse tipo refinado e descritivo de narrativa com a sociedade moderna. Tinha, realmente, vergonha de lê-lo em locais públicos, pois não era possível ler um capítulo sem soltar uma risada. Há muito quis experimentar um livro da Coleção Clássicos Fantásticos para ter noção de como é a releituras das obras primas brasileiras. Muitas falavam que era uma besteira tornar uma obra original e magnífica uma sátira com estratégia de marketing, entretanto, – ao menos isso aconteceu comigo, não sei quanto aos outros que leram – ao acabar o livro, tive vontade de ler o original. Além disso, os elementos principais, como o fato de Isaura ser branca e ficarmos na dúvida de se, por ser escrava, tem direitos de escrava, ou, por ser branca, tem direitos diferentes e melhores que seus companheiros. Foi uma leitura rápida, engraçada e prazerosa.

Resenha – Isaura é uma escrava branca, filha da escrava Fió com o feitor da fazenda, Miguel, que trabalha na propriedade de Leôncio Pai. Como é de se esperar, Leôncio Pai tem um filho, Leôncio Filho, e manda o mesmo para estudar na Europa, onde irá ser formar em direito. Em sua estadia lá, este conhece o Conde Drácula, quem o morde, transformando-o em vampiro. Depois de se desentender com seu criador, ele volta ao Brasil – nessa época seu pai já está morto – de barco – como faziam no século XIX. No caminho, encontra um lunático que, com a aprovação do Imperador, pretende criar uma empresa de extração de sangue – se extração de petróleo dá muito dinheiro, quanto dará o sangue se é ele que nos move ? – interessando-se pelo projeto – afinal, ele é um vampiro. Entretanto, como ele se irrita com seu sócio, acaba por matá-lo e, no Brasil, procura por Malvina, a filha de seu falecido sócio, que possui e escritura do Imperador.Acaba por se casar com a mesma.

Quando ambos chegam à fazenda, veem Isaura e se apaixonam pela mesma. Malvina vira vampira após sua noite de núpcias e, agora, Isaura tem dois vampiros apaixonados por ela, querendo, de qualquer forma, seu macio pescoço. Isaura só irá se casar com quem seu coração disser, mas, se apaixonar fica meio difícil quando dois vampiros estão ao seu encalço, não ?

Um pouco mais sobre …

A Escrava Isaura, de Bernardo Guimarães

Sem lobisomens ou vampiros ou comparações com a modernidade, a história original fala sobre Isaura, a escrava branca, que é cobiçada por seu dono, entretanto casado, Leôncio. Ao fugir do Rio para Recife, ela se encontra com Álvaro, por quem se apaixona, mas é afastada quando Leôncio a trás de volta à sua cidade. Para saber mais sobre o romance, leia um resumo que encontrei no shvoong

Jovane Nunes – De língua afiada, é um dos grandes representantes do novo humor brasileiro. O ator, que faz parte da Cia de Comédia Os Melhores do Mundo escreve para os programas de Humor da TV Globo e ainda encarna personagens no Zorra Total.

Anúncios

Sobre Victor

Gosto de cheiro de livros novos e de biblioteca com livros velhos, de livros ( dessa vez das letras mesmo ), de chocolate, de escrever, de ficar no computador, de dias frios com céu bonito, de ir ao cinema, passear no shopping com os amigos e de viajar. Ensino inglês e um dia ainda quero publicar alguma coisa. Bolsa Amarela, Harry Potter e a pedra filosofal , Entrevista com o vampiro e Crônicas de uma namorada são meus livros favoritos. Perdi a conta de quantas vezes vi "A Múmia". Quanto às séries que gosto, sempre mudo. Elas têm suas temporadas e eu tenho as minhas.

2 pensamentos sobre “Resenha: Escrava Isaura e o Vampiro

  1. lindo seu blog, Victor!!
    Achei bizarra essa ideia de unir um clássico com o modismo vampiresco!
    Mas tudo vale se é para fazer esse povo ler, né?

    Bjão

Escreva seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s