Resenha: Olhos de Falcão

Crítica

Eu não me dou muito bem com livros de suspense. À medida que leio, fico tão ansioso que acabo me prendo muito livro, ficando completamente grudado ao mesmo, querendo chegar logo no final. Os livros de Agatha Christie são o “O” para mim. De qualquer forma, “Olhos de falcão” foi o livro mais recente de suspense que li. Não só o enredo faz o leitor se interessar pela história, mas também a estrutura que Alex Barclay apresenta a seus leitores. São blocos, cenas. Uma hora uma personagem vai ao supermercado e quando vê alguém com uma faca, o bloco muda para outro ponto da história – essas cenas não existem no livro, é só um exemplo. Os flashbacks sobre o passado dos cruéis assassinos também nos deixa tensos, mas seu objetivo – declarado pela autora e muitíssimo bem alcançado – é que o leitor compreenda por que eles são tão maus. Apesar do livro ter quase me matado de tanta tensão, eu recomendo. Com uma imperdível e envolvente narrativa, “Olhos de falcão” cativa tanto o leitor fanático por romances policiais tanto quanto os que não são muito chegados ao tema.

Resenha

Texas, década de 80 – Os traumatizados amigos apaixonados por falcões, – principalmente o falcão de Harris –  se aproximam cada vez mais na medida que crescem. Duke e Donnie firmam sua amizade com um sinistro pacto de sangue no qual juram ajudar um ao outro a conseguir o que querem. Esse pacto tem como consequência a formação de dois estupradores e assassinos que estão para sempre unidos.

Nova Iorque – Duke está na cadeia e Donnie sequestra uma menina, explodindo- a quando esta consegue ir para os braços da mãe. O detetive Joe Lucchesi assiste a macabra cena, perseguindo e atirando em Donnie.

Irlanda, anos depois da morte de Donnie – Após o ocorrido, o detetive Lucchesi se aposenta e vai para uma pequena e calma cidade da Irlanda com sua mulher e seu filho. Tudo vai bem. Anna, a mulher de Joe, de descendência francesa, tem a tarefa de decorar um farol para a revista Vogue e seu filho Shaun arrumou uma bela namorada, Katie. Os Lucchesi embarcam numa pavorosa e inesperada maré de azar. Katie desaparece. Procuram a menina durante vários dias e descobrem finalmente seu corpo. Katie foi brutalmente assassinada e sua morte assusta a todos. Shaun parece esconder algo, estará ele mentindo ? Com o menino apontado como principal suspeito, Joe começa a investigar a fim de provar a inocência de seu filho. Com isso, acha conecxão entre este assassinatos e outros cometidos no Texas. Alguém que quer vê-lo sofrendo está por perto. Alguém sedento por vingança observa sua família. O que Duke Rawlins será capaz de fazer para vingar a  morte de seu amigo Donnie ?

Um pouco sobre a autora …

Alex Barclay é irlandesa e nasceu no ano de 1974. Trabalhou com moda em uma revista chamada RTÉ Guide, largando seu emprego em 2003 para escrever “Olhos de falcão” ( “Darkhouse”). O livro foi lançado em 2005.  A continuação, The Caller ( O tradução livre para o português, O chamador) em 2007, porém, sendo este outra aventura do detetive Lucchesi. Outro livro de romance policial da autora que ganhou o prêmio AM Crime Fiction Award e o Irish Book Award é o romance da detetive Bryce, “Blood Runs Cold” ( em tradução livre para o  português, “O sangue corre frio” ).

Anúncios

Sobre Victor

Gosto de cheiro de livros novos e de biblioteca com livros velhos, de livros ( dessa vez das letras mesmo ), de chocolate, de escrever, de ficar no computador, de dias frios com céu bonito, de ir ao cinema, passear no shopping com os amigos e de viajar. Ensino inglês e um dia ainda quero publicar alguma coisa. Bolsa Amarela, Harry Potter e a pedra filosofal , Entrevista com o vampiro e Crônicas de uma namorada são meus livros favoritos. Perdi a conta de quantas vezes vi "A Múmia". Quanto às séries que gosto, sempre mudo. Elas têm suas temporadas e eu tenho as minhas.

3 pensamentos sobre “Resenha: Olhos de Falcão

  1. Olá Victor! Adoramos a sua resenha e crítica sobre ‘Olhos de Falcão’!! Vc mora no Rio ou proximo da cidade? Vamos realizar um evento sobre o livro com bate-papo, quiz e sorteio de brindes. Seria muito legal vc comparecer!! será dia 19/06, sábado, às 15h na Saraiva do shopping Rio Sul. Veja nnais informações no blog da coleção negra e no nosso twitter.]

    Abraços!!!

    • Se você diz a respeito do segundo encontro de literatura pollicial da Bertrand, eu já estava planejando ir, rs. Moro no Rio sim. Inclusive, queria divulgá-lo no meu blog. Fico feliz que tenha gostado de minha resenha. Nos vemos no evento entao.
      Abracos,
      Victor

  2. Pingback: Indicações de Junho « Blog das Resenhas

Escreva seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s