Resenha: Alice no País das Maravilhas

O Gato de Cheshire com o chapéu do chapeleiro louco

“Alice no país das maravilhas” teve críticas diversas com opiniões completamente diferentes. O filme em si é muito bom. O elenco é magnífico, os efeitos especiais nota dez, o roteiro ficou bom e o pessoal da equipe de arte caprichou. Mas tudo tem um porém. Este filme não é, nenhum pouco, baseado na história de Alice no país das maravilhas ou uma mistura – feita em todas as versões para o cinema – com sua continuação, Alice  através do espelho. O que Tim Burton fez foi pegar os personagens dos dois livros e misturar tudo. Até os personagens não estão muito fiéis com a história, pois Alice é ingênua e normal, não independente e inovadora. Tenho minhas dúvidas se ele não estaria esfaqueado caso Lewis Carroll ainda estivesse vivo. Vendo os flashbacks de Alice, que aparecem quando esta se lembra de sua primeira visita ao país, percebi que o filme tinha mais que capacidade para reproduzir uma aventura original fiel ao livro. Me pergunto por que Tim Burton não fez isso. De qualquer forma, acho ainda que ele deveria colocar outro título, algo como “Alice de volta ao país das maravilhas”, baseado, porém MUITO POUCO no romance de Lewis Carroll.

Se você não conhece nada da história, ou pelo menos quase nada, deve gostar do filme, se esse for seu gênero. Se conhece a história, prepare-se para se decepcionar bastante e finja que ele não disse que a obra é baseada nos livros. Sobretudo, o filme vale a pena ser visto, pois, Tim Burton é sempre Tim Burton. Vamos a resenha :

Depois da morte de seu pai que Alice tanto amava, a jovem nos seus dezenove anos de idade vai com sua mãe a uma festa da nobreza de Oxford, onde o filho dos ricos anfitriões pede sua mão. Com todos esperando que ela aceite e a menina louca para sair dali e perseguir um coelho vestido que viu correndo, ela pede licença com a desculpa que se retirou para pensar. Cai na toca do coelho, encontra as criaturas que contam para ela que esta não é a Alice que eles queriam. Vê novamente o país das maravilhas, porém este dominado pela tirana rainha vermelha – ou rainha de copas. Os animais com medo planejam revolta junto a rainha branca – rival e irmã da rainha vermelha -, Alice deve pegar uma espada sob os domínios da rainha má e se juntar aos rebeldes para matar a fera da tirana e salvar a todos do país das maravilhas. Um épico do que seria um retorno de Alice à terra que visitou quando menina.

Se quiserem uma resenha mais detalhada do livro, vejam por este link :

Resenhas Alice no País das Maravilhas

A matéria deste mês está aqui, por este link :

Revista das Resenhas

Por este link, vocês entram no blog expansão do nosso. O post que irá aparecer é o último do especial, vejam todos clicando da barra a direita ou na parte inferior. Espero que gostem !

Boa Leitura a todos ! Espero que tenham gostado !

Anúncios

Sobre Victor

Gosto de cheiro de livros novos e de biblioteca com livros velhos, de livros ( dessa vez das letras mesmo ), de chocolate, de escrever, de ficar no computador, de dias frios com céu bonito, de ir ao cinema, passear no shopping com os amigos e de viajar. Ensino inglês e um dia ainda quero publicar alguma coisa. Bolsa Amarela, Harry Potter e a pedra filosofal , Entrevista com o vampiro e Crônicas de uma namorada são meus livros favoritos. Perdi a conta de quantas vezes vi "A Múmia". Quanto às séries que gosto, sempre mudo. Elas têm suas temporadas e eu tenho as minhas.

Escreva seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s