Resenha: Marcada

Por muito tempo me senti hesitante ao pegar neste livro para ler. Criticava sua bastante sua história e até mesmo a série em si. Após a leitura do mesmo, não posso dizer que minha opinião mudou muito, porém, criticar um livro sem lê-lo é uma coisa pouco construtiva. Além do mais, por mais que rejeitemos o livro com o qual estamos nos deparando, há um motivo para ele estar sendo chamado de Best-Seller e aclamado por milhares de adolescentes de todo o mundo. O ambiente claramente adolescente que torna-se diferente somente por rituais e aulas mais divertidas faz com que House of Night seja um lugar atrativo para as jovens do mundo inteiro.

Zoey é a típica adolescente americana. Namora um atleta, tem uma amiga que fala muito, não recebe atenção da família e se considera normal demais. Tudo muda quando esta é marcada. Um vampiro, criaturas com uma lua crescente na testa que bebem sangue e tem poderes extraordinários, vai até Zoey e faz com que uma lua crescente apareça em sua testa. Todos rejeitam a menina por causa de sua marca e, por isso, ela vai para a casa de sua avó. No caminho, bate com a cabeça em uma pedra e o espírito da Deusa Nyx ( Deusa da noite, dos vampiros ) beija sua marca, fazendo o desenho se preencher, tornando-se uma lua cheia. A menina começa a ficar fraca e mais fraca e se não for para a Morada da noite, irá morrer.

Zoey acorda na enfermaria da Morada da noite. Lá é um local diferente de tudo que ela já viu. Tem vampiros por todos os lados, aulas diferentes, rituais à Deusa Nyx e outras dificuldades. Neferet , a grande sacerdotisa do local, vira mentora de Zoey, e acompanha seu progresso. Muitas coisas acontecem com a menina. Logo ao chegar na escola presenciou Aphrodite ajoelhda com a cara no ventre de Erik. Aphrodite é a aspirante ao cargo de Grande Sacerdotisa, muito metida e percebendo o poder e a influência de Zoey, tenta derrubá-la. Seu ex-namorado, Erik, é super experiente em teatro e está apaixonado por Zoey. Este é um dos vários motivos pelos quais Aphrodite tem implicâncias com Zoey. A colega de quarto de Zoey chama-se Steve Rae, uma texana super animada com uma trupe de amigos, os quais são Damien ( um homessexual muito culto ) Erin ( uma menina bem branca que tudo critica e odeia Aphrodite ) e Shaeen ( “gêmea” de Erin, pensa como ela, porém tem a pele cor de capuccino ) que logo viram muito amigos de Zoey.

Em meio a muitas confusões pela Morada da Noite, junto a seus amigos, Zoey consegue comandar um ritual do qual Aphrodite perdeu o controle e salvar a seu ex e atual namorados.

O livro cultua, na minha opinião, valores muito fúteis, típicos de meninas americanas superficiais. Não gostei do modo como os vampiros são desenvolvidos no livro além de achar que há uma mistura de várias histórias na formação da mitologia da série. Está aí uma coleção que não irei levar a frente.

Anúncios

Sobre Victor

Gosto de cheiro de livros novos e de biblioteca com livros velhos, de livros ( dessa vez das letras mesmo ), de chocolate, de escrever, de ficar no computador, de dias frios com céu bonito, de ir ao cinema, passear no shopping com os amigos e de viajar. Ensino inglês e um dia ainda quero publicar alguma coisa. Bolsa Amarela, Harry Potter e a pedra filosofal , Entrevista com o vampiro e Crônicas de uma namorada são meus livros favoritos. Perdi a conta de quantas vezes vi "A Múmia". Quanto às séries que gosto, sempre mudo. Elas têm suas temporadas e eu tenho as minhas.

2 pensamentos sobre “Resenha: Marcada

Escreva seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s