Resenha: Jogos Vorazes (filme)

A resenha da vez fala do filme para quem já está por dentro da história. Se quer saber sobre o que fala Jogos Vorazes, confira a resenha do livro.

Cartaz do filme "Jogos Vorazes"

Depois de tanto se falar no filme para lá e pra cá, umas das adaptações mais aguardadas do ano chega aos cinemas brasileiros. A pergunta é: valeu a pena? Jogos Vorazes é uma boa adaptação? É um bom filme? Bem, como fã do livro, gostei bastante de ver uma produção fiel nas telonas. O elenco está espetacular e vemos tudo que ficou mais marcado durante a leitura sendo exibido ao longo do filme. Entretanto, para um espectador normal, não creio que tenha agradado tanto assim. Por que? Vamos falar um pouco disso e ainda mais sobre a adaptação para o cinema abaixo.

O início do filme mostra como é Panem, com sua desigualdade exorbitante, as revoltas que foram cessadas pela Capital e a criação dos Jogos Vorazes. Tudo é bem explicado e sequenciado, entretanto, tem um efeito de câmera bem irritante que tenta dar vários pontos de vista ao espectador. A filmagem mexe muito, mudando sempre os ângulos, o que incomoda demais quando simplesmente queremos assistir ao filme. Outra coisa que o livro tem de muito interessante que poderia ter sido explorado é a emoção que os personagens e situações passam para o espectador. No romance, Suzanne Collins transmite isso facilmente aos leitores, como bem disse na resenha da obra. Porém, durante o filme, o espectador é fisgado pela história somente. Em certo ponto, o filme pode se tornar longo demais e com muitas reviravoltas, o que acarreta na perda de interesse de algumas pessoas. Transmitir toda a tensão e as emoções, bem com é feito no livro, seria uma jogada muito melhor e mais interessante.

Para quem esperava uma produção sangrenta, a categoria de 12 anos já diz bastante coisa. O roteiro foi escrito suavizando as partes mais violentas e impactantes a fim de poder alcançar um público mais jovem. Isso estragou algumas expectativas, claro, mas deu para compreender – mesmo sentindo falta das cenas mais fortes- a agressividade e crueldade de adolescentes jogando com a vida e a morte. Outras cenas que não tinham muito a ver com censura também foram suavizadas, o que estragou um pouco minhas expectativas – como a relação da Katniss com o Peeta e com a Rue. Sei que muitas coisas não davam tempo de serem desenvolvidas, mas, mesmo assim, são aspectos realmente tocantes que poderiam cativar o público – e satisfazer os fãs.

Um ponto interessante da produção, tanto para fãs e não fãs do livro, foram as cenas extras que não se encontravam na obra, a maior parte delas na Capital. Encontrei no Bookeando um artigo super legal falando dessas cenas. Porém, atenção, ele pode conter spoilers para quem não leu o livro ou assistiu ao filme.

Em suma, não achei o filme aquilo tudo que estávamos esperando, mas creio que a equipe está preparada para uma sequência de tirar o fôlego. E será que dessa vez tirará mesmo? Para quem viu o filme e não se impressionou tanto ou quer assistir e ouviu uns comentários baixo astral, fica uma dica: o livro é muito bom e não vai te deixar na mão. Suzanne Collins promete e cumpre com maestria.

Vale também destacar que a divulgação do filme foi muito bem feita. Ao menos aqui no Rio, foram divulgados cartazes, eventos e brindes para a pré-venda por todo lado. Confira alguns cartazes bem legais que encontrei por aí:

 

About these ads

Sobre Victor

Gosto de cheiro de livros novos e de biblioteca com livros velhos, de livros ( dessa vez das letras mesmo ), de chocolate, de escrever, de ficar no computador, de dias frios com céu bonito, de ir ao cinema, passear no shopping com os amigos e de viajar. Ensino inglês e um dia ainda quero publicar alguma coisa. Bolsa Amarela, Harry Potter e a pedra filosofal , Entrevista com o vampiro e Crônicas de uma namorada são meus livros favoritos. Perdi a conta de quantas vezes vi "A Múmia". Quanto às séries que gosto, sempre mudo. Elas têm suas temporadas e eu tenho as minhas.

2 pensamentos sobre “Resenha: Jogos Vorazes (filme)

  1. Bem vamos lá!
    Assisti o filme hoje, não havia lido nenhuma resenha nem do livro nem do filme… não para que o filme me surpreendesse, mas é que até então não tinha me interessado.

    Assisti o filme um pouco às cegas, não sabia o que esperar, nem do que se tratava, e talvez a minha seja a pior opinião sobre o filme. Mas achei surpreendente, aquilo que disse sobre as jogadas de câmera realmente dão nos nervos. Mas eu gostei do filme inteiro e inclusive lerei o livro por causa do filme!!!!

    Aqui a faixa foi de 14 anos e fiquei impressionada, a emoção brotou o filme inteiro e CHOREI horrores… bem vamos esperar o próximo, espero que seja tão bom quanto o primeiro!

Escreva seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s